Você está em:
IMPRIMIR

Sindicalistas participarão de Fórum Sindical Municipal

26 de abril de 2013

Presidente do PSDB Sindical, Rogério Fernandes, durante encontro com o prefeito Marcio Lacerda - Fotos:

Sindicalistas ligados a Força Sindical, Nova Central e União Geral dos Trabalhadores realizaram, nesta (26/04), encontro com o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, para discutir o papel do movimento sindical nas políticas públicas da cidade.

O prefeito afirmou que criará um fórum sindical para se reunir com sindicalistas a cada dois meses, além da designação de um representante por região para atuar como consultor das demandas locais.

Para o secretário adjunto de trabalho e emprego de Belo Horizonte, Rogério Fernandes, o encontro representou mais uma etapa no caminho do movimento sindical, “a criação do fórum para se reunir com o prefeito é o resultado da parceria que o movimento sindical formou com o prefeito. É de extrema importância a participação de pessoas ligadas a base para decidir o opinar nas políticas públicas”.

O secretário de organização, Vandeir Messias, chamou atenção para o fato da ampla participação nas políticas públicas do município, que o movimento sindical tem que participar junto ao prefeito de Belo Horizonte, já que há muitas demandas na área.

Outra parceria que foi apresentada pelo prefeito, foi a criação de creches em conjunto com os sindicatos. Onde os sindicatos sedem o espaço e a prefeitura entra com os recursos necessários, o que seria um ganho para toda a população, segundo Marcio Lacerda. O prefeito também reafirmou a importância em se reunir com os setores organizados da sociedade.


Para o secretário adjunto de desenvolvimento econômico de Belo Horizonte, Marcelo de Souza e Silva, o ponta pé inicial para aproximação com o movimento sindical surgiu na época da campanha eleitoral, no ano passado.

O presidente da Nova Central Sindical, Antônio Miranda, também reafirmou esse espaço que foi dado ao movimento e novamente explicitou seu apoio ao governo.

Durante o evento também foi lido um documento em que as centrais e o Fórum Sindical demonstram a importância da criação de um comitê sindical para legitimar não só a participação dos trabalhadores, mas de todas as minorias da capital mineira.

Estiveram presentes no evento representantes do sindicato dos calçados, tecelões, químicos e extração e agentes penitenciários de Belo Horizonte, construção civil de Contagem e metalúrgicos de Ouro Branco.