Você está em:
IMPRIMIR

Raquel Lyra é eleita a primeira prefeita de Caruaru (PE) e a única mulher a vencer no 2º turno no país

31 de outubro de 2016

raquel

A candidata do PSDB à prefeitura de Caruaru, Raquel Lyra, venceu a eleição neste domingo (30/10) com 93.803 votos (53,15%) – quase que duplicou a votação do 1º turno – e se tornou a primeira prefeita eleita no maior município do interior de Pernambuco, o quarto colégio eleitoral do Estado.

A vitória da tucana também marcou outro feito: Raquel foi a única mulher eleita nas 57 cidades onde a eleição se decidiu no segundo turno. O adversário da tucana, o deputado estadual Tony Gel (PMDB) que já governou Caruaru por dois mandatos (2001-2008), obteve 82.679 votos (46,85%).

Raquel Lyra tem 37 anos é procuradora do Estado e ex-secretária da Criança e da Juventude no governo de Eduardo Campos (PSB). Com dois mandatos de deputada estadual, a tucana foi reeleita para a Assembleia Legislativa em 2014 com 80.879 votos, a deputada estadual mais votada de Pernambuco pela segunda vez. No Alepe, preside a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), considerada uma das mais importantes da Casa, e é filha do ex-governador de Pernambuco João Lyra Neto (PSDB), que também já governou Caruaru.

Na primeira entrevista após a vitória do domingo, Raquel Lyra reafirmou seu compromisso de unificar Caruaru em torno de uma gestão democrática e participativa. “Serei prefeita de toda Caruaru. Nosso compromisso é unir nossa cidade para vencer os desafios que estão postos para esse tempo. Faremos uma gestão democrática e participativa. Estaremos presentes nas ruas podendo trazer essa evoluções. Eu conto com vocês e vocês contam comigo”.

Para a presidente do PSDB Mulher de Pernambuco, Terezinha Nunes, a vitória de Raquel representa uma grande conquista para o segmento feminino do partido. “É significativo observar que Caruaru é a cidade mais importante, das 12 conquistadas pelo PSDB de Pernambuco, e agora vai ficar sob o comando feminino. Raquel foi a única mulher eleita no 2º turno no país o que a levou a ser referência no noticiário nacional”.