Você está em:
IMPRIMIR

Nota de pesar do PSDB-Mulher pela morte de Sérgio Guerra

6 de março de 2014

O PSDB-Mulher, as mulheres brasileiras, o povo brasileiro e o de Pernambucano, o Nordeste perderam nesta quinta-feira (6) um dos maiores políticos do país, com o falecimento do deputado Federal Sérgio Guerra (*PSDB-PE).  Ao longo de sua jornada política em defesa dos interesses dos pernambucanos no Congresso Nacional Sérgio Guerra se destacou pela seriedade, pela competência política, pela sensibilidade e pela imensa vontade de mudar para melhor o Brasil.

Na Presidência Nacional do PSDB Sérgio Guerra conduziu nossa oposição ao governo federal com afinco, dedicação e sensibilidade política, mostrando toda a sua habilidade na defesa dos reais interesses do País, com altivez e elegância.

Para o PSDB-Mulher, Sérgio Guerra se revelou um verdadeiro parceiro, um político absolutamente sintonizado com os problemas das tucanas e das mulheres brasileiras, em sua luta pela afirmação da mulher na vida político-partidária brasileira.

Sérgio Guerra nunca nos negou apoio às nossas reivindicações partidárias. Sempre nos ouviu, e com a tranquilidade e sensibilidade nos apontava o melhor caminho para ampliarmos a participação da mulher no PSDB e na política institucional.

É dele a assinatura da Resolução 1/13 da Comissão Executiva Nacional do PSDB, um marco em nossa luta pela conquista de mais espaço na nossa vida partidária.

Sérgio Guerra enfrentou resistências, as superou com persistência e habilidade e nunca deixou de nos ouvir, mesmo que em alguns momentos não concordasse com nossa pauta de reivindicações ou com nossa estratégia para alcança-las.

O PSDB-Mulher lamenta o seu desaparecimento, mas sabe que ele escreveu história na vida política brasileira, de Pernambuco, do Nordeste e das tucanas que tanto apoio tiveram dele em nossas lutas.

Viva Sérgio Guerra!