Você está em:
IMPRIMIR

Com democracia, sem mais ‘pixulecos, por Solange Jurema

5 de agosto de 2015

Mais do que vermos alguns próceres da “república petista” novamente na cadeia, mais do que vermos o país ainda se assombrar com novas e graves denúncias, o que devemos nos orgulhar é vermos que a democracia brasileira está funcionando rigorosamente como deve ser.

Todos os Poderes da República (com P maiúsculo) e suas instituições atuam com total liberdade e autonomia, produzindo um riquíssimo pedaço de nossa História que ficará como exemplo para as futuras gerações.

O Ministério Público Federal denuncia, a Polícia Federal investiga e o Judiciário decide, com presteza e correção, fundamentados em pareceres jurídicos inquestionáveis.

É assim que está ocorrendo na Operação Lava-jato, que já recuperou aos cofres públicos cerca de R$ 300 milhões, também numa presteza e agilidades inéditas e admiráveis.

É isso o que povo quer.

É isso que a Nação precisa.

Devemos saudar – em que pese a decepção e frustração contidas no desvendamento de tanta corrupção – o pleno funcionamento das instituições democráticas, inclusive da imprensa, que vem desempenhando o seu papel com firmeza, sem ceder a eventuais pressões políticas e econômicas.

Não há mais espaço no Brasil que sairá das denúncias, investigações, apurações e condenações da Lava-jato, para a existência de novos “pixulecos” para bancar campanhas eleitorais, para o enriquecimento de pessoas que usaram o serviço público para se beneficiar dele e não para “servir ao público”.

O Brasil está mostrando maturidade política. Depois de quase três décadas da redemocratização tão duramente conquistada, podemos nos orgulhar de vivermos num país mais justo, com mais Justiça, mesmo com as decepções e traições ao povo brasileiro.

A manifestação do próximo dia 16 e as eleições municipais do próximo ano são dois momentos fundamentais de nossa vida politica em que o povo – com certeza – mostrará sua indignação e repúdio ao um governo e a um partido que iludiu a maioria da população.

Viva a Democracia!

Viva o PSDB!