Você está em:
IMPRIMIR

PSDB entra com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal para instalação da CPI da UNE

6 de julho de 2016

cpi-une

Parlamentares do PSDB e outros partidos vão entrar nessa quarta-feira (06/7) no Supremo Tribunal Federal (STF) com um mandado de segurança para que seja instalada na Câmara dos Deputados a CPI da UNE.

A decisão foi tomada em reunião do líder do PSDB na Câmara, deputado Antonio Imbassahy (BA), nessa terça-feira (05/7), com os parlamentares indicados pelo partido para compor a comissão. O presidente do PSDB, senador Aécio Neves, também participou do encontro (foto).

“Não podemos assistir passivamente as procrastinações que têm sido feitas pelo presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão”, afirmou o deputado Imbassahy. Os indicados pelo PSDB para a CPI que vai investigar o uso de verba pública pela UNE são os deputados Bruno Covas (SP), Elizeu Dionízio (MS) e Daniel Coelho (PE). Como suplentes foram indicados os deputados Izalci (DF), Paulo Martins (PR) e Rocha (AC).

Leia também: Tucanos criticam ação de deputado comunista para tentar barrar CPI da UNE 

Fonte: PSDB na Câmara