Você está em:
IMPRIMIR

Juventude participa do Federação Já, Poços de Caldas +30

18 de novembro de 2013

Caio Narcio - Presidente da JPSDB-MG - Crédito: Alessandro Carvalho

Aos 27 anos, o presidente do PSDB Jovem de Minas Gerais, Caio Narcio Rodrigues não era nascido quando houve a lançamento da “Declaração de Poços de Caldas” – primeiro documento público do Movimento das Diretas Já, divulgado em novembro de 1983 pelos governadores Tancredo Neves (MG) e Franco Montoro (SP). Porém, considera o fato emblemático para o país. Ele lidera um grupo de cerca de 300 jovens tucanos que participa do encontro nesta segunda-feira (18), em Poços de Caldas, sul de Minas Gerais.

“O que se estuda em história aprende-se que não dá para esquecer a Declaração de Poços de Caldas. Foi o movimento que deu início às Diretas Já e também à redemocratização do país”, disse Caio Narcio. “Agora reiniciamos com novos desafios: a federação e a retomada da agenda política positiva.”

A celebração dos 30 anos da “Declaração de Poços de Caldas” será marcada pelo encontro Federação Já, Poços de Caldas + 30.

Confirmaram presença os governadores Geraldo Alckmin (SP), Antonio Anastasia (MG), Beto Richa (PR), Marconi Perillo (GO), Simão Jatene (PA), José de Anchieta Jr. (RR), Siqueira Campos (TO) e Teotônio Vilela (AL), o ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves (MG), os presidentes dos diretórios de SP, deputados federais Duarte Nogueira, e de Minas, Marcus Pestana, prefeitos, parlamentares e lideranças tucanas.

“É um momento emblemático para todos”, ressalta Caio. “Momento de mostrar que as pessoas de bem estão dispostas a fazer algo pelo país e pelo povo brasileiro, ocupando os espaços políticos. A juventude tem um papel fundamental nesse processo”, destaca0.

O objetivo do encontro é defender a autonomia e o fortalecimento dos estados e municípios brasileiros.
Marcará também o compromisso do PSDB com os princípios da soberania, cidadania, dignidade e pluralismo da federação.

Fonte: PSDB