Você está em:
IMPRIMIR

Trabalhadores da agricultura familiar declaram apoio a Anastasia em Teófilo Otoni

12 de agosto de 2010

O governador Antonio Anastasia recebeu em Teófilo Otoni (Vale do Mucuri), nesta quarta-feira, dia 11, manifesto de apoio dos trabalhadores da agricultura familiar à sua reeleição. O documento foi entregue pela coordenadora-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Minas Gerais, Tereza dos Santos Oliveira. Ela afirmou que o apoio é o reconhecimento aos avanços obtidos pelos trabalhadores rurais das regiões mais pobres do Estado como os Vales do Mucuri e Jequitinhonha e o Norte de Minas.

Nos últimos oito anos, as ações de assistência e extensão rural para a agricultura familiar desenvolvidas pelo Governo de Minas cresceram 80%. Cerca de 440 mil pequenos agricultores de 790 municípios são atendidos pelos programas da Emater-MG, que oferece capacitação técnica a produtores e orientação sobre associativismo e agricultura sustentável nas comunidades rurais e assentamentos. Em 2002, o Estado atendia apenas 246 mil agricultores familiares.

A agricultura familiar de Minas, hoje, é responsável por 84% da produção estadual de mandioca, 47% da produção de milho, 45% da produção de leite e 32% da produção de feijão e café, segundo dados do último Censo da Agricultura Familiar de 2009.

Em julho, a coordenadora-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Minas declarou apoio à reeleição de Antonio Anastasia, em Belo Horizonte, após anunciar a sua desfiliação ao Partido dos Trabalhadores (PT). Ela é uma das fundadoras do PT, em 1983, e hoje ocupa a vice-presidência da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT-MG). Tereza dos Santos é a principal liderança da federação que representa cerca de 250 mil famílias de 300 municípios mineiros.

“Vamos lutar muito para a continuidade dos trabalhos realizados pelo governador Antonio Anastasia e o ex-governador Aécio Neves na agricultura familiar. Já estamos representando mais de 300 municípios de Minas e todos as nossas lideranças estão apoiando o governador”, afirmou a coordenadora da federação, em Teófilo Otoni.

 

Mais empregos

Durante ato político realizado com trabalhadores rurais e lideranças políticas de Teófilo Otoni e região, Antonio Anastasia agradeceu o apoio da entidade e afirmou que o principal desafio do Governo do Estado, a partir de agora, é atrair empresas para essas regiões, promovendo a geração de empregos para toda a população.

“A prioridade absoluta agora na região é a geração de empregos. Agregar valor aos nossos produtos e trazer empregos de qualidade. Já fizemos muito esses anos. Essa região nunca viu tantas estradas, telefonia celular, saneamento, segurança pública, saúde e educação. Ou seja, todo o ambiente, toda a casa está arrumada para agora atrairmos grandes empresas âncora que vão trazer empregos de mais qualidade. Essa será a nossa prioridade”, afirmou.

 

Redução da pobreza

Em Teófilo Otoni, o governador Antonio Anastasia também recebeu o apoio de 60 prefeitos e lideranças municipais dos Vales do Mucuri e Jequitinhonha em grande ato público realizado na Praça Tiradentes. O apoio dos prefeitos é uma declaração ao reconhecimento dos investimentos históricos realizados pelo Governo de Minas nessas regiões.

Nos últimos oito anos, o investimento per capita do Governo de Minas nos Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas foi três vezes maior que nas regiões mais desenvolvidas do Estado. Nessas regiões, o Governo de Minas investiu cerca de R$ 5,6 bilhões em ações e programas voltados para redução da pobreza. As ações são reconhecidas pelas Organizações das Nações Unidas (ONU) e pelo Governo Federal em razão dos excelentes resultados alcançados.

Estudo do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (IPEA) demonstrou que Minas reduziu a pobreza absoluta em Minas de 46,9% para 25,6% entre 1995 e 2008. Com isso, o Estado antecipará em três anos a meta nacional de erradicação da pobreza prevista para ser extinta em 2016. A meta em Minas já será alcançada em 2013.