Você está em:
IMPRIMIR

Parcerias: iniciativa privada e municípios garantem a MG salto de desenvolvimento

29 de agosto de 2010

O presidente Regional do PSDB e um dos coordenadores da campanha eleitoral em Minas, deputado federal Narcio Rodrigues, destacou neste sábado, dia 28, o importante papel assumido pelo Governo de Minas como promotor e facilitador do desenvolvimento econômico nas regiões do Estado. Os investimentos anunciados por empresas privadas em Minas, entre 2003 e 2010, totalizam R$ 240 bilhões, com a geração de 448.220 novos empregos diretos para a população.

“O êxito da política econômica e o planejamento responsável empreendido pelo ex-governador Aécio Neves e pelo atual governador Antonio Anastasia podem ser medidos pelo crescimento econômico que Minas vive com índices superiores às médias nacionais, com forte atração de investimentos para o Estado. A parceria e a confiança do setor privado no governo responsável e ético  de Aécio, e agora deAnastasia, são as bases para o ciclo virtuoso de desenvolvimento que todos queremos para Minas”, disse Narcio.

Apenas no primeiro semestre deste ano foram anunciados investimentos privados de R$ 38,4 bilhões, que vão gerar 37 mil empregos diretos e mais de 95 mil empregos indiretos para os mineiros.


Política tributária

Na prática, o Governo de Minas tem adotado várias medidas que se traduzem em redução da carga tributária, sem comprometimento da arrecadação do Estado, e, com estrita observância às imposições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Prova desse esforço é que foi possível reduzir a carga tributária de 245 produtos, todos com grande alcance social. São produtos que compõem a cesta básica, de higiene e materiais escolares, entre outros. Em 2003, o Estado aprovou a redução da alíquota do diesel de 18% para 12%, o que trouxe reflexos diretos no custo das empresas com transporte e logística.

Transparência na parceria com as prefeituras

Narcio Rodrigues respondeu também às afirmativas feitas pela chapa de oposição à reeleição de Antonio Anastasia em relação aos convênios firmados pelo Estado com os municípios mineiros. O coordenador destacou que o relacionamento do Governo de Minas com as prefeituras sempre foi mantido por meio de parcerias administrativas voltadas ao interesse público, sem qualquer discriminação de municípios.

“Os prefeitos do PT e do PMDB são testemunhas da ação transparente, ética e responsável do Governo de Minas. Eles têm dito isso publicamente. Essa semana, Anastasia ouviu isso diretamente dos prefeitos da oposição que reconhecem nele as qualidades de um gestor moderno e antenado com seu tempo. Em Minas não há mais espaço para a política do passado, que favorecia aliados e apadrinhava os amigos. Sepultamos a política do fisiologismo”, disseNarcio.

O deputado destacou que os convênios firmados este ano pelo Governo de Minas e as prefeituras municipais atenderam aos termos e aos prazos estabelecidos pela Legislação Eleitoral. “O Governo de Minas cumpriu rigorosamente o que determina a Justiça Eleitoral. Os convênios realizados aqui inclusive seguiram os mesmos moldes dos assinados pelo governo federal com prefeituras e estados. Com uma diferença fundamental: em Minas não houve favorecimento dos aliados”, disse Narcio. Em 2010, o Governo de Minas firmou 1.624 convênios com 804 prefeituras mineiras no montante de R$ 678 milhões.