Você está em:
IMPRIMIR

Governadores do PSDB divulgam agenda de compromissos

15 de dezembro de 2010

Na primeira reunião que fizeram depois de eleitos, nesta quarta-feira (15/12), os oito governadores do PSDB divulgaram, ao fim do encontro, a Carta de Maceió. Nela, eles reforçaram o compromisso de construir uma ampla agenda nacional de trabalho e discussões.

 

Este compromisso, segundo o documento, será  focado no desenvolvimento econômico e social e no fortalecimento das relações do partido com a sociedade, com sua base política e partidária, com o Governo federal e com os municípios.

 

Leia a íntegra do documento: 

 

CARTA DE MACEIÓ

 

Os governadores eleitos pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), reunidos em Maceió, capital do Estado de Alagoas, em 15 de dezembro de 2010, reafirmam seu compromisso de construir uma ampla agenda nacional de trabalho e discussões.

 

Um compromisso focado no desenvolvimento econômico e social e no fortalecimento das relações do partido com a sociedade, com sua base política e partidária, com o Governo federal e com os municípios.

 

Afinal, o PSDB saiu das últimas eleições como uma força política transformadora, com o apoio de mais da metade da população e do PIB brasileiros.

 

Além do desafio de governar bem oito unidades da federação, é necessário manter a coerência e a qualidade de seu discurso político.

 

Nesta Carta de Maceió, os governadores eleitos ratificam sua identidade com os valores e princípios fundamentais do PSDB: a consolidação da democracia, a estabilidade econômica, o bem-estar de todos os brasileiros, a ética na política e a liberdade de expressão.

 

Inspirados por esses objetivos, os governadores do PSDB vão trabalhar juntos para:

 

Cooperação entre Governos: promover, de forma constante e crescente, a cooperação entre os respectivos governos, aproveitando as experiências de sucesso de cada estado, principalmente, na competente e vitoriosa política de profissionalização da gestão pública; 

 

Relação com o Governo Federal: estabelecer com o Governo federal uma relação altiva de respeito mútuo, com responsabilidade e independência, na busca do entendimento para enfrentar os graves desequilíbrios regionais e sociais; 

 

Pacto Federativo: colaborar de forma crítica e democrática para restabelecer o equilíbrio do pacto federativo,  promovendo: i) a revisão dos mecanismos de transferências voluntárias; ii) o estabelecimento da responsabilidade compartilhada entre União-Estados-Municípios; iii) uma agenda robusta de investimentos necessários ao desenvolvimento; 

 

Segurança Pública: cobrar a participação adequada do Governo federal no financiamento da segurança pública, mediante a transferência de recursos de forma regular e automática;

 

Fórum dos Governadores: tornar permanente este fórum de governadores do PSDB, para estabelecer um processo dinâmico e duradouro de interação e coordenação das ações, propostas, posicionamento político; 

 

Apoio a Alagoas: por fim, os  governadores do PSDB declaram seu irrestrito apoio à implantação do Estaleiro Eisa em Alagoas, empreendimento fundamental para o combate à pobreza e a redução da desigualdade regional; 

 

Antônio Anastasia – Governador de Minas Gerais

Anchieta Júnior – Governador de Roraima

Beto Richa – Governador do Paraná

Geraldo Alckmin – Governador de São Paulo

Marconi Perillo – Governador de Goiás

Simão Jatene – Governador do Pará

Siqueira Campos – Governador de Tocantins

Teotonio Vilela Filho – Governador de Alagoas 

 

Maceió, 15 de dezembro de 2010