Você está em:
IMPRIMIR

Governador assina Acordo de Cooperação com siderúrgicas

22 de novembro de 2010

O governador Antonio Anastasia assinou, nesta segunda-feira (22/11), Acordo de Cooperação Técnica Científica e Ambiental entre o Governo de Minas e as siderúrgicas Usiminas, Arcelor Mittal Brasil, Gerdau Açominas e Vallourec Manesmann. O objetivo é a elaboração conjunta de estudos e pesquisas para usos alternativos de resíduos siderúrgicos. O acordo foi assinado durante a entrega do Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade e Amor à Natureza, no Auditório JK, na Cidade Administrativa.

 

Com apoio técnico da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam), os estudos definirão outras rotas tecnológicas para utilização dos resíduos, visando à redução de impacto ambiental e consumo de recursos naturais, de forma compatível com a proteção da saúde humana e dos ecossistemas. As definições do acordo levam em consideração a Política Estadual de Resíduos Sólidos, que dispõe sobre a redução de geração de resíduos sólidos, o seu reaproveitamento e reciclagem.
 
Premiados

Durante o evento, 22 personalidades, ambientalistas, universidades, entidades receberam o Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade e Amor à Natureza, promovido pela Revista Ecológico. Entre os premiados, estava o governador Antonio Anastasia na categoria Confiança.

 

A homenagem, segundo os organizadores do evento, se deu pela confiança e sensibilidade que o governador mineiro tem demonstrado à causa ambiental.
Emocionado com o reconhecimento pelo trabalho que vem sendo desenvolvido em Minas Gerais na defesa do meio Ambiente e na recuperação das matas e dos rios, o governador Antonio Anastasia agradeceu o reconhecimento dos ambientalistas.

 

“Confiança é uma expressão importante, não só na nossa linguagem, mas a confiança é muito importante no nosso sentimento e no nosso comportamento. A confiança reflete os compromissos que temos que fazer para o presente e para o futuro. Reitero o nosso comprometimento com a questão ambiental no Estado. Fizemos um grande esforço a favor da questão ambiental no Estado. Sabemos que é uma batalha continua e permanente”, disse Anastasia, após receber a homenagem.
 
O Prêmio

Esta é a primeira edição do Prêmio Hugo Werneck, uma iniciativa da Revista Ecológico, que conta com o apoio do Governo de Minas, através do Sistema Estadual de Meio Ambiente; da Fiemg, por meio do Programa Minas Sustentável; supervisão técnica da Fundação Dom Cabral; participação de ambientalistas, por meio de ONGs socioambientais representadas pela Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA); e legitimação do Centro Hugo Werneck de Proteção à Natureza.

 

A premiação homenageia o professor e conservacionista mineiro Hugo Werneck, fundador do Centro para a Conservação da Natureza em Minas Gerais, uma das primeiras ONGs ambientalistas da América Latina. As suas três principais vertentes de ensinamento – conhecer, amar e cuidar da natureza – fundamentaram essa premiação.

 

A premiação faz parte da 1ª Semana Mineira de Redução de Resíduos, organizado pela Feam e Governo de Minas, que acontece de 20 a 28 de novembro

 

Os organizadores receberam 152 projetos, cases, nomes de pessoas e de instituições públicas e privadas, indicados pela comunidade ambientalista do Estado e/ou inscritos, para serem avaliados. Desses, 66 foram selecionados, agrupados em listas tríplices, e concorrem em 22 categorias técnicas e políticas.
 O senador eleito e ex-governador Aécio Neves também foi homenageado pelos ambientalistas com o prêmio de Melhor Político. Ele foi considerado o político que mais apoiou a causa ambiental na história política de Minas Gerais.

 

O secretario de Estado de Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, também recebeu uma placa, onde os ambientalistas expressam a gratidão pelo apoio que ele dá “na construção de Minas, do Brasil e de um planeta sustentável”. 

 

Fonte: Agência Minas