Você está em:
IMPRIMIR

Governador Antonio Anastasia recebe apoio de taxistas de Minas Gerais

9 de agosto de 2010

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição pela coligação “Somos Minas Gerais”, recebeu nesta segunda, dia 9, o apoio do Sindicato Intermunicipal dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários, Taxistas e Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens de Minas Gerais (Sincavir), que reúne cerca de 15 mil profissionais do volante. Antonio Anastasia participou da abertura da 5ª Feira de Táxi de BH, no Bairro Ipiranga, onde foi saudado por centenas de taxistas. O governador chegou ao local acompanhado do prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, no táxi dirigido por Luís Carlos Fernandes Melo.

Antonio Anastasia agradeceu o apoio dos taxistas e afirmou que continuará defendendo os interesses dos profissionais que circulam pela capital e interior de Minas. O governador Antonio Anastasia garantiu que, reeleito, continuará investindo em obras viárias para melhorar o fluxo de veículos e a segurança no trânsito em Belo Horizonte e na Região Metropolitana. Em seu discurso, o governador convocou os taxistas a participarem do novo ciclo de crescimento que vive Minas Gerais e que será garantido com a sua reeleição ao Governo do Estado.

“Os taxistas fazem parte de uma categoria importante, reconhecida, trabalhadora, dedicada e que, naturalmente, tem os seus problemas e suas dificuldades. É importante que os taxistas participem deste momento que vive Belo Horizonte e Minas Gerais para participar deste sentimento de desenvolvimento, de riqueza e de progresso”, afirmou o governador em seu discurso.

 

Copa de 2014

Durante a feira, o governador lembrou aos taxistas que a Copa do Mundo de 2014 será um evento de grande importância para Minas Gerais e Belo Horizonte, pois atrairá turistas e exigirá outras novas obras viárias. Antonio Anastasia ressaltou que o sucesso da Copa do Mundo também dependerá do trabalho dos taxistas, pois a categoria terá um papel importante antes e depois do Mundial.

“2014 chegará rapidamente. Temos de estar preparados. E a oportunidade não é a Copa em si, mas o pós-Copa. A referência que a capital e Minas terão no mundo para atrair negócios e turistas. Isso vai beneficiar e muito os nossos taxistas. Por isso, em parceria com a Prefeitura de BH, vamos ajudar na qualificação dos profissionais, na melhoria da frota, que já é a melhor do Brasil. Vamos continuar nessa mesma vereda, nesse mesmo caminho. Poderemos oferecer ao Brasil e ao mundo um serviço de altíssima qualidade”, reforçou o governador.

 

Melhorias no trânsito

O condutor do carro que levou governador Antonio Anastasia e o prefeito Marcio Lacerda até a Feira de Táxi de BH, Luis Carlos Fernandes, destacou as melhorias do trânsito na capital com os investimentos do Governo do Estado em obras viárias da Linha Verde e avenida Antonio Carlos.

“O trânsito melhorou 1.000%. Foi uma obra fantástica e que a cidade precisava. O tempo de viagem na avenida Cristiano Machado reduziu muito. Também melhorou na Antonio Carlos, onde a pista exclusiva para táxi e ônibus facilitou a vida dos passageiros. Agiliza a vida do usuário, que sempre está com pressa e tem a oportunidade de passar por um caminho mais rápido”, afirmou o taxista.

No Governo Aécio Neves/Antonio Anastasia a capital mineira recebeu o maior conjunto de obras viárias realizadas na capital nas últimas décadas, com a implantação Linha Verde, que liga o Centro de BH ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, e o alargamento da avenida Antonio Carlos, obras que consumiram mais de R$ 600 milhões do Governo do Estado.

 

Licitação

O governador Antonio Anastasia garantiu que o Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Belo Horizonte, discutirá com o Ministério Público de Minas Gerais solução para o impasse sobre a realização de um novo processo de licitação para o serviço de táxis de Belo Horizonte a capital. A categoria é contrária à nova concorrência exigida pelo MP por provocar gerar desemprego e reduzir a renda de muitos taxistas. O governador afirmou que está otimista com a possibilidade de uma solução equilibrada entre as partes.

“Precisamos mostrar as questões de ordem social e demonstrar ao Ministério Público que é possível conciliar a exigência da disputa com critérios de equidade e justiça e que são apropriados nesse caso. Estou otimista com essa solução. Acho que é perfeitamente viável atender a recomendação do Ministério Público e, o mais importante, preservar o interesse dos pais de família. Porque aqui não são empresas, são pais de família”, ressaltou o governador.

 

Taxistas com mais saúde

O presidente do Sincavir, Dirceu Reis, destacou que o Governo de Minas adotou importantes medidas que contribuíram para a melhoria da atividade dos taxistas. Segundo ele, a continuidade de Antonio Anastasia no Governo de Minas é fundamental para a categoria avançar ainda mais.

“Vamos trabalhar pela reeleição de Antonio Anastasia, pela continuidade do bom trabalho que está sendo desenvolvido em Minas, pela continuidade da parceria que temos com o Governo. Enfim, por tudo aquilo que ele representa para o Estado, tem o apoio da categoria. Estamos fechados com Antonio Anastasia. Mesmo porque temos uma parceria muito boa”, disse Dirceu Reis.

No Governo Aécio Neves/Antonio Anastasia, os taxistas foram beneficiados com isenção de ICMS para compra de veículos por taxistas autônomos. A medida é válida até dezembro de 2012. A alíquota do ICMS sobre veículo normal é de 12%. Os taxistas também têm isenção de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Para veículos em geral, a alíquota é de 4%.

Os taxistas também foram beneficiados com a lei que criou a Política Estadual da Saúde do Homem que prevê a integração do homem à rede de serviços do SUS. Com a nova lei sobre política estadual de apoio ao cooperativismo, regulamentada em 2005, o Governo de Minas permitiu a criação de regras importantes para o fortalecimento das cooperativas de taxi no Estado. A lei atende todas as cooperativas mineiras que passaram a participar, em igualdade de condições, de contratos e licitações da administração direta e indireta do Estado.

No ano passado, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, criou o curso de capacitação profissional Excelência no Atendimento ao Turista da Copa para preparar profissionais para receber turistas que visitarão o Estado durante a Copa de 2014. A proposta é ensinar noções básicas de inglês e espanhol para taxistas da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Este ano, serão atendidos 600 taxistas.

 

Leia também
Transcrição da entrevista do governador Antonio Anastasia


Ouça

Antonio Anastasia participa de feira para taxistas
 Entrevista do governador Antonio Anastasia