Você está em:
IMPRIMIR

Blog das Bancadas do PSDB traz perfis dos 25 novos deputados federais eleitos

2 de dezembro de 2010

O Blog das Bancadas do PSDB na Câmara e no Senado (http://www.blogpsdb.com.br), mostra os perfis dos 25 novos deputados federais eleitos pelo partido. Destes, quatro são mineiros: Carlaile Pedrosa, Domingos Sávio, Eduardo Azeredo e Marcus Pestana que, juntos com os atuais deputados federais Eduardo Barbosa, Narcio Rodrigues, Paulo Abi-Ackel e Rodrigo de Castro serão a nova bancada federal do PSDB de Minas Gerais.

 

Confira os perfis dos novos deputados federais tucanos mineiros:

 

Ex-prefeito de Betim, Carlaile Pedrosa quer levar metrô para a cidade mineira

O deputado eleito Carlaile Pedrosa (MG) chega à Câmara dos Deputados com 128.304 votos. Nascido em Itarana (MG), o tucano foi prefeito de Betim por duas vezes, além de ter ocupado os cargos de secretário de Esportes no governo de Eduardo Azeredo, em 1998, e de vice-presidente da Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig), em 2009, na gestão de Aécio Neves.

 

Comerciante do setor de materiais esportivos, o futuro parlamentar afirmou que a experiência do primeiro mandato federal será um grande aprendizado. Carlaile tem o objetivo de priorizar as áreas de saúde, educação e segurança.

 

Além disso, promete ainda atuar em defesa da família e da vida. “Sou contra a legalização do aborto. Também quero trabalhar no sentido de garantir mais segurança aos cidadãos, atuando principalmente no combate às drogas. A população clama por isso”, destacou.

 

Outro compromisso de Carlaile é contribuir com o desenvolvimento urbano e levar o metrô para a população de Betim. “A cidade tem mais de 500 mil habitantes. Muitos trabalhadores moram lá e trabalham em Belo Horizonte. Tenho certeza de que esse meio de transporte vai contribuir muito com o progresso da cidade e região”, disse.

 

O futuro parlamentar defende ainda a queda do fator previdenciário e as reformas nos sistemas político e tributário. “É preciso sancionar o fim do fator previdenciário para garantir um aumento na renda dos aposentados. Além disso, as reformas política e tributária são essenciais para que o país possa crescer com mais qualidade e rapidez”, declarou.

 

Domingos Sávio: Câmara ganha mais um defensor da reforma tributária e de um novo pacto federativo

Domingos Sávio (MG) assumirá seu mandato na Câmara com o compromisso de defender a reforma tributária. Segundo o tucano, sem essa mudança constitucional o país continuará fadado ao atraso, pois o governo cobra muitos impostos e gasta mal o dinheiro arrecadado.
Sávio quer uma melhor redistribuição dos recursos públicos, principalmente em relação aos repasses para os municípios. Ainda de acordo com o parlamentar, isso permitirá que as cidades tenham condições de se preparar melhor para atender seus moradores. Além disso, durante a campanha o tucano defendeu uma reforma que desonere a produção, com impostos incidindo apenas no consumo final.

 

Nascido em São Tiago (MG), o deputado eleito atuou em Divinópolis como presidente do sindicato rural da cidade. Médico veterinário formado pela UFMG, foi eleito vereador em 1992, presidente da Câmara em 1994 e prefeito da mesma localidade em 1996. Em 2002, conquistou uma vaga como deputado estadual, sendo reeleito com o dobro dos votos em 2006.

 

Logo que assumiu, chamou a atenção por ser o autor da proposta de fim do sigilo bancário para políticos detentores de cargos eletivos em Minas, sendo que ele próprio deu o exemplo. “Foi uma forma de defender a transparência, a ética e o combate à corrupção na vida pública. Transparência é algo essencial na vida pública do parlamentar”, reiterou. Sávio promete cumprir plenamente na Câmara as prerrogativas parlamentares de elaborar e votar leis, além de fiscalizar os atos do governo.

 

Eleito deputado, Azeredo pretende combater desigualdades regionais

Ao iniciar seu mandato na Câmara a partir de 2011, o hoje senador Eduardo Azeredo (MG) promete dar sequência às atividades desenvolvidas durante os seus oito anos de trabalho no Senado. “Na Câmara, representarei Minas na perspectiva de defender o desenvolvimento econômico mineiro e combater as desigualdades regionais”, assegurou o deputado federal eleito.

 

Quando governou seu estado (1995-1998), o tucano destinou, por exemplo, R$ 200 milhões para as obras de duplicação do trecho da BR-381, rodovia federal que corta o Vale do Aço. No entanto, segundo ele, a rodovia deveria ter recebido mais recursos nos anos seguintes.

 

“É uma calamidade. Todos os dias temos acidentes nesse trecho. Já no atual governo federal, levantou-se a hipótese de fazer a concessão da estrada para a iniciativa privada. Depois, anunciaram que o próprio governo fará a duplicação. E assim, passaram-se sete anos e meio sem que nada acontecesse”, criticou o tucano.

 

Em suas experiências à frente do Poder Executivo, Azeredo ficou conhecido pela marca de administrador eficiente. Durante sua gestão na Prefeitura de Belo Horizonte (1990-1992), a capital mineira foi classificada como a 25ª metrópole mundial com melhor qualidade de vida, fato que mereceu destaque em reportagem publicada pela revista norte-americana “Time”.

 

Engenheiro com especialização em informática, o tucano é um dos fundadores do PSDB no seu estado e obteve 123.649 votos em 800 dos 853 municípios de Minas Gerais na disputa por uma cadeira na Câmara.

 

Com experiência na gestão do SUS, Marcus Pestana defende regulamentação da Emenda 29

Um dos quatros novos integrantes da bancada mineira do PSDB na Câmara, Marcus Pestana (MG) foi eleito deputado federal com quase 162 mil votos.  Economista, o futuro parlamentar assumirá o mandato com a experiência técnica dos cargos de secretário de Saúde de Minas Gerais durante o governo de Aécio Neves e de presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass).

 

A biografia pública de Pestana vai além – ele também foi secretário de Planejamento e Coordenação Geral no governo de Eduardo Azeredo, além de ter ocupado a chefia de gabinete no Ministério das Comunicações e a secretaria-executiva do Ministério do Meio Ambiente durante o segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso.

 

O tucano é fundador do PSDB e um dos primeiros vereadores do partido no Brasil. Foi eleito, aos 22 anos, o mais jovem da Câmara de Juiz de Fora. Nos anos 80, também coordenou a campanha “Diretas Já” na cidade mineira.

 

As suas principais bandeiras na Câmara serão a defesa da seguridade social e a saúde. O primeiro compromisso já foi anunciado: a luta pela regulamentação da Emenda 29, que vincula recursos das três esferas de governo para o SUS. Marcus Pestana também considera fundamental fazer as reformas política, tributária e fiscal. O novo parlamentar defende a reforma política, pois na sua avaliação o sistema é pouco transparente para o eleitor.

 

Na questão tributária e fiscal, Pestana considera que as mudanças são essenciais, pois é preciso desburocratizar, simplificar e tornar claro o sistema de arrecadação para o contribuinte. “As pessoas com menor renda, proporcionalmente, pagam mais impostos do que as pessoas com rendimentos mais altos. O sistema é injusto”, avaliou.

 

Fonte: Agência Tucana