Você está em:
IMPRIMIR

Antonio Anastasia recebe apoio do setor do turismo em Minas Gerais

16 de setembro de 2010

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, recebeu o apoio do setor de turismo de Minas Gerais, nesta quinta-feira, dia 16. Durante almoço realizado no Restaurante Porcão, promovido pela Associação Brasileira de Agências de Viagens em Minas Gerais (Abav-MG), Antonio Anastasia afirmou que a manifestação de apoio do setor é um reconhecimento à política de fortalecimento do turismo em Minas adotada pelo Governo de Minas, nos últimos oito anos.


“Este apoio demonstra o acerto das nossas políticas públicas. Esses segmentos não estariam nos apoiando se não tivéssemos trabalhado corretamente e se não tivessem a convicção e a certeza de que a continuidade será também positiva para o setor. Estamos no caminho certo e vamos continuar assim”, afirmou Antonio Anastasia.


O encontro reuniu cerca de 800 pessoas do trade turístico mineiro, entre agentes de viagens, operadores e receptivos de turismo, proprietários de hotéis, bares e restaurantes, locadores de veículos, organizadores de eventos, secretários municipais de turismo de diversos municípios mineiros, representantes de 30 entidades do setor, além de produtores culturais.  Ao chegar ao local do encontro, Antonio Anastasia foi aplaudido de pé pelos participantes.


Durante pronunciamento, o governador ressaltou a importância do patrimônio cultural e histórico de Minas Gerais e reafirmou o compromisso do Governo de Minas com o desenvolvimento de políticas para incrementar o turismo no Estado. Ele afirmou que Minas viverá uma oportunidade única com a realização da Copa do Mundo em 2014 no Brasil, evento que contribuirá para ampliar os empregos de qualidade no Estado. Anastasia afirmou que os turistas que desembarcarem no Brasil durante o Mundial de futebol movimentarão toda a cadeia produtiva do turismo, ocupando hotéis, bares e restaurantes, incrementando o comércio local e o serviço de táxi.


“A indústria do turismo é aquela que gera mais empregos, com boa remuneração e em menos tempo de que todos os outros segmentos. Temos uma oportunidade singular com a chegada da Copa do Mundo de 2014 e precisamos melhorar o turismo internacional”, disse o governador.

 

Debate na TV


Desde o início da campanha eleitoral, em julho, o governador Antonio Anastasia tem percorrido todas as regiões de Minas para debater ideias e apresentar as propostas de seu Plano de Governo para os próximos quatro anos. Nesta noite, ele participará de debate, promovido pela Rede Band Minas, para continuar apresentando os projetos para melhorar ainda mais a vida dos mineiros.


Entre as propostas já previstas no Plano de Governo, para o setor do turismo, está o aperfeiçoamento das instalações de Centros de Convenções em Belo Horizonte e no interior do Estado para incrementar o turismo de negócios. A proposta do governo do Estado é ampliar o Expominas de Belo Horizonte e implantar o centro de convenções em cidades polo.


O Plano de Governo prevê, também, a expansão do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins. O objetivo é transformar o aeroporto em âncora para o desenvolvimento do Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Também prevê a descentralização dos circuitos turísticos mineiros, potencializando novas riquezas culturais do Estado, como as cidades históricas e as diversas manifestações culturais, como os festivais de música, gastronomia e festas religiosas.


“O compromisso fundamental do governo do Estado é unir o turismo à cultura e à geração de empregos no Estado e incrementar os festivais de música, de gastronomia e religiosos de Minas Gerais”, considerou Antonio Anastasia.

 

Desenvolvimento da cadeia do turismo


Para as principais lideranças do setor, o apoio à candidatura de Antonio Anastasia se deve à atenção dada pelo governo Aécio/Anastasia para o desenvolvimento do turismo em Minas Gerais.


“Aécio Neves e Antonio Anastasia fizeram muito pelo turismo, desde a revitalização do Aeroporto Internacional de Confins, do acesso até o aeroporto até o empenho para que o turismo de eventos, que é a vocação  da nossa cidade, se desenvolvesse”, afirmou o presidente da Abav-MG, José Maurício de Miranda.


Para o presidente da Federação de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de Minas Gerais (Fhoremg), Paulo Pedrosa, as políticas adotadas pelo Governo de Minas resultaram na ampliação da taxa de ocupação dos hotéis do Estado.


“Há oito anos, tínhamos uma taxa de ocupação que não chegava a 30% na rede hoteleira e, hoje, temos uma taxa que gira em torno de 70% e 75%. O turismo tem crescido, foi uma prioridade do governador Aécio e é prioridade do governador Anastasia. É por isso que há essa unanimidade do trade turístico de Minas Gerais. Não há uma entidade, seja civil, sindical, de lojistas e da indústria que não esteja apoiando o governador Antonio Anastasia”, afirmou.


As operadoras de turismo ressaltaram o esforço do governo de Minas Gerais em atrair voos internacionais para o Estado e os investimentos em infraestrutura para melhorar o acesso às cidades turísticas.


“Nesses últimos anos Minas avançou muito no que diz respeito ao turismo, em todos os sentidos. Minas hoje é um Estado ligado ao mundo inteiro, à América do Norte, ao Caribe, à Europa, com voos diretos. O Estado avançou também na pavimentação de estradas, já que acesso é fundamental. Além disso, as cidades mineiras estão mais bonitas. É um trabalho maravilhoso que a gente tem certeza que vai continuar com Anastasia e, por isso, todo mundo que trabalha com turismo apoia Anastasia”, afirmou o gestor de Marketing da Master Turismo, Leo Campolina.


Ao final do encontro, o presidente do BH Convention Bureau, Roberto Noronha, afirmou que o compromisso do governador Antonio Anastasia com o desenvolvimento do turismo será garantido com Anastasia nos próximos quatro anos.


“O que a gente sentiu hoje nas palavras do nosso professor Antonio Anastasia foi do compromisso que ele assumiu com o turismo de Belo Horizonte e de Minas. Ele mostrou durante todo o governo Aécio/Anastasia que toda a obra que foi feita é palpável, com a melhora da infraestrutura, a Linha Verde, a revitalização do Aeroporto Internacional Tancredo Neves, dos aeroportos regionais em Minas e, principalmente, com a conclusão do Expominas”, disse.

 

Rede de apoios

Desde o início da campanha, a candidatura à reeleição de Antonio Anastasia vem recebendo o apoio de importantes segmentos da sociedade civil mineira. O governador recebeu o apoio público de ambientalistas; de médicos e profissionais da saúde; dos profissionais da cultura; dos sindicatos e cooperativas de táxi; dos sindicatos que reúnem os caminhoneiros; dos presidentes e dirigentes das torcidas do Atlético, Cruzeiro, América e Ipatinga; entidades de atendimento a dependentes químicos; Movimento das Donas de Casa e Consumidores; movimentos femininos; movimentos da juventude; dos motociclistas profissionais, acadêmicos; além de prefeitos e lideranças municipais de todo o Estado.

 

Plano de Governo do governador Antonio Anastasia
Propostas e ações para preservação das cidades históricas mineiras no período de 2011 a 2014

Criação do Programa Especial de Proteção do Patrimônio Histórico de Minas Gerais, voltado para segurança, revitalização do patrimônio:

• promover, juntamente com a Polícia Militar, uma polícia preventiva especializada na defesa do patrimônio histórico e cultural onde houver obras e bens vulneráveis à ação predatória;

 

• implantar, em parceria com o Corpo de Bombeiros, brigadas de incêndio nas cidades históricas;

 

• integrar a atuação da Polícia Militar com as guardas municipais nas cidades históricas. Onde elas não existirem, criar guarda municipal voltada para a defesa do patrimônio histórico;

 

• atuar em conjunto com a Promotoria Estadual de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico

 

• buscar parceria com a administração municipal em projetos de revitalização de praças, coretos e outros bens públicos de uso comum, no sentido de viabilizar seu uso pela comunidade e turistas.

 

• atualizar o inventário do patrimônio cultural do Estado: reorganizar e sistematizar os registros, inventários e tombamentos, por meio dos quais estão catalogados os bens materiais e imateriais;

 

• promover mecanismos de comunicação e divulgação do patrimônio histórico e cultural sobretudo das cidades históricas, nos meios de comunicação de massa antecipando a realização da Copa 2014;

 

• garantir a qualidade das estradas estaduais que dão acesso às cidades históricas e outras que compõem o circuito do patrimônio histórico e cultural no Estado; promover a viabilidade de transporte de qualidade para estas cidades, com ênfase no transporte intramunicipal de qualidade;

 

• buscar parcerias com os municípios e o setor empresarial para melhorar constantemente a infraestrutura hoteleira das cidades que dispõem de patrimônios históricos e culturais inventariados e qualificar e ampliar o setor hoteleiro nessas cidades;

 

• acondicionamento dos objetos de arte: viabilizar mecanismos de melhoria na qualidade de

acondicionamento e guarda dos objetos de arte, em especial, pinturas e gravuras das igrejas e museus históricos.

 

• programa Rede de Comunicação de Destinos, Produtos e Serviços – Marca e Imagem de Minas Gerais para 2014: criar uma política de comunicação para divulgação da marca e a imagem do turismo de Minas seja catalisadora e representante de todas as áreas econômicas;

 

• programa de Promoção e Apoio à Comercialização do turismo no mercado internacional de Minas Gerais: consolidar Minas como o melhor destino turístico do país, por meio da promoção e comunicação no mercado nacional e internacional;

 

• programa de Infraestrutura dos Destinos Indutores: definir projetos prioritários de estruturação dos destinos, considerando as dimensões de infraestrutura de transporte, aspectos ambientas e sociais como as políticas de enfrentamento e prevenção à exploração sexual infanto-juvenil;

 

• consolidar o espaço Minas Gerais em São Paulo como a casa do desenvolvimento do turismo de Minas no maior destino emissor de turistas e gerador de negócios do país por meio da ampliação das atividades, implantação de cronograma, criação de uma rede de relações públicas a partir de São Paulo para dinamizar a promoção e apoiar a comercialização de produtos turísticos, culturais e dos demais setores estratégicos da economia mineira;

 

• ampliação do Expominas – Centro de Convenções e Eventos de Minas Gerais: o objetivo principal é tornar Belo Horizonte mais competitiva e atrativa aos grandes eventos nacionais e internacionais. A ampliação do Expominas também vai dinamizar a cadeia produtiva e a inserção da região metropolitana;

 

• programa de Desenvolvimento de Turismo Sustentável em Áreas Protegidas de Minas Gerais: aperfeiçoar a gestão nos parques estaduais e nacionais abertos à visitação turística, visando à ampliação da visitação de forma ordenada e segura, minimizando impactos ambientais e danos ao patrimônio das unidades e possibilitando experiências únicas na natureza protegida do nosso estado;

 

• concluir a implementação da Rota Lund: trata-se do maior roteiro espeleo/arqueológico do país. O Projeto Rota Lund prevê a integração das comunidades do entorno das grutas e a criação de mecanismos de geração de trabalho e renda, certificação das unidades de conservação e negócios associados.

Leia
Transcrição da entrevista do governador Antonio Anastasia
Transcrição da 2ª entrevista do governador Antonio Anastasia

Ouça
Entrevista do governador Antonio Anastasia
Antonio Anastasia recebe apoio do setor do turismo de Minas Gerais