Você está em:
IMPRIMIR

Antonio Anastasia recebe apoio de líder de trabalhadores da agricultura familiar

15 de julho de 2010

A coordenadora-geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Minas Gerais (Fetraf-MG), Tereza dos Santos Oliveira, anunciou nesta quinta-feira, dia 15, que pediu sua desfiliação ao Partido dos Trabalhadores (PT) e declarou apoio à reeleição do governador Antonio Anastasia. Ela é uma das fundadoras do PT, em 1983, e hoje ocupa a vice-presidência da Central Única dos Trabalhadores de Minas Gerais (CUT-MG). Tereza é a principal liderança da Fetraf-MG, entidade que representa cerca de 250 mil famílias e está presente em mais de 150 municípios mineiros. Ela disse que o movimento já trabalha em parceria com o governo de Minas e que seria importante a continuidade do trabalho para ampliar a atividade em todo o Estado.

 
“Estou apoiando enquanto Tereza, enquanto liderança da agricultura familiar. A maioria dos agricultores apóia sim. Porque agricultor trabalha para sua sustentabilidade no campo. Trabalha por dias melhores. A política é uma complementação que tem que estar o dia-a-dia, em cada família, em cada agricultor e aqui temos que estar a frente dessa discussão para discutir e negociar o que há de melhor para nossa categoria”, afirmou Tereza Santos.

O governador Antonio Anastasia afirmou estar honrado pelo apoio recebido à sua candidatura à reeleição e disse que o recebe com naturalidade em razão dos resultados positivos que o Governo de Minas obteve nesses oitos anos de parcerias com sindicatos e entidades sociais.

 
“Vejo tudo com muita naturalidade (apoio de liderança ligada ao PT), porque estamos discutindo políticas públicas, e as políticas públicas têm uma necessidade de serem realizadas. Fico muito honrado e muito orgulhoso de uma federação importante de Minas Gerais, vinculada à agricultura familiar, vir aqui apresentar várias sugestões e manifestar o seu apoio”, disse.

 
Apoio à agricultura familiar

A coordenadora geral da Fetraf-MG, Tereza dos Santos, disse que a sua decisão é pessoal e que o apoio da federação Antonio Anastasia será definido pelos demais integrantes da entidade. Ela destacou que Antonio Anastasia já reúne o apoio de outras importantes lideranças ligadas à Agricultura Familiar em Minas.

 “A Federação está discutindo na base o apoio. Vamos ter uma reunião no dia 30, mas já conversamos com grande parte dos Sintrafs que a gente criou”, disse Tereza dos Santos.

O governador Antonio Anastasia recebeu um documento com as principais reivindicações dos trabalhadores da agricultura familiar. Participaram do encontro desta quinta-feira, 20 outros representantes dos Sindicatos dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de todas as regiões do Estado. Entre os pontos abordados estão a criação de um órgão, com status de secretaria de Estado, voltado para a agricultura familiar, a concessão de crédito, apoio ao programa de biodiesel, titulação de terras, investimentos para melhorar a infra-estrutura nos assentamentos e apoio às áreas de educação, ciência e tecnologia.

 
O governador Antonio Anastasia afirmou que parte das propostas será incorporada ao plano de governo e garantiu que o desenvolvimento do setor é uma das prioridades do governo Estado.

“Essas ideias apresentadas pela federação vêm para se somar às políticas que já temos. São sugestões muito interessantes, que vamos incorporá-las, e fico muito honrado com essa manifestação, com esse apoio, com essa visita que Tereza e seus colegas me fazem”, disse.

O presidente do sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Sintraf) do Baixo Jequitinhonha, Waldech Bahia, também declarou apoio ao governador Antonio Anastasia.

“Ele tem nos apoiado na agricultura familiar, nos assentamentos, através do Instituto de Terras, com a compra de terras para as famílias. E tem contribuído muito para essas famílias não virem se prostituir aqui na capital. Esse é um dos motivos que nos leva a apoiá-lo, porque o Instituto de Terras está conosco e é a maneira mais eficaz de deixar o homem no campo”, afirmou.

 

Política do Governo de Minas para agricultura familiar

O trabalho de assistência e extensão rural para a agricultura familiar desenvolvido pelo governo de Minas cresceu 80% entre 2002 e 2010. Os técnicos da Emater-MG orientam e colaboram para o crescimento da produção e da qualidade de vida de  444 mil pequenos agricultores . O número é muito superior ao registrado há nove anos, quando a empresa atendeu 246 mil agricultores familiares do Estado.

Minas conta com 437 mil propriedades da agricultura familiar, cerca de 10% do total do país, segundo os dados do Censo Agropecuário do IBGE. O número dos estabelecimentos familiares também representa 79% de todas as propriedades rurais do Estado. Nos últimos anos, a Emater-MG ampliou o número de escritórios no interior para atendimento aos agricultores. A empresa está presente em 790 municípios. A agricultura familiar de Minas é responsável por 84% da produção estadual de mandioca, 47% da produção de milho, 45% da produção de leite e 32% da produção de feijão e café.

 

Ouça
1ª parte da entrevista do governador Antonio Anastasia
2ª parte da entrevista do governador Antonio Anastasia
Sonora da coordenadora da Fetraf-MG, Tereza dos Santos Oliveira
Matéria: Antonio Anastasia recebe apoio da coordenadora da Fetraf-MG
Flash: Antonio Anastasia recebe apoio da coordenadora da Fetraf-MG

Leia também
Transcrição da entrevista do governador Antonio Anastasia

Confira
Galeria de fotos