Você está em:
IMPRIMIR

Antonio Anastasia e Aécio Neves querem campanha transparente e verdadeira

3 de agosto de 2010

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, defendeu hoje em Montes Claros (Norte de Minas) a transparência e o debate de propostas na campanha eleitoral. Ao lado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal, Antonio Anastasia afirmou que a sociedade espera dos candidatos clareza na apresentação de propostas e que os debates são fundamentais para que o eleitor possa avaliar a capacidade e o compromisso daqueles que se propõem a administrar o país e o Estado.

“Vamos apresentar as propostas e esperamos que tenhamos em Minas uma campanha de alto nível, uma campanha de debates, inclusive com os debates que já estão marcados. Isso é importante para que o eleitor mineiro, inclusive atendendo ao que recomenda o Tribunal Eleitoral, conheça os candidatos, conheça profundamente seu passado, sua história, seu perfil, suas qualidades e o que ele fez”, afirmou o governador.

 

Compromissos cumpridos

Em sua chegada a Montes Claros, Antonio Anastasia recebeu o apoio público de 83 dos 92 prefeitos que integram a Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene (Amans). Ele ressaltou que até 3 de outubro percorrerá todas as regiões do Estado para apresentar aos eleitores propostas dos programas e projetos que estarão no seu Plano de Governo e que serão honrados e cumpridos, assim como Aécio Neves e ele já fizeram ao longo de oito anos.

 “Faremos uma campanha extremamente propositiva, apresentando nossas propostas, nossas ideias. Vamos apresentar naturalmente aquilo que foi feito ao longo dos últimos anos e mostrar o que significa a continuidade. Como vamos avançar nas diversas políticas públicas, em educação, saúde, segurança e infraestrutura”, afirmou Antonio Anastasia durante entrevista.

 

Verdade na prestação de contas

O valor da transparência e do compromisso com a verdade junto aos eleitores também foram destacados pelo candidato ao Senado Aécio Neves em Montes Claros.  O ex-governador foi enfático ao afirmar que durante oito anos o governo de Minas se pautou pela transparência nas informações sobre a gestão do Estado e adotou de forma inédita no país a divulgação para a sociedade das metas de trabalho em todas as áreas do governo: na educação, saúde, segurança, obras e finanças públicas.  Minas é o único Estado brasileiro a tornar público os resultados da administração em 100% dos programas e ações governamentais.

Pesquisa realizada pelo Portal G1 sobre transparência nos portais dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal elegeu o Portal do Governo de Minas com a melhor nota entre todos os demais em razão da facilidade das consultas dos dados e do detalhamento das informações disponibilizados ao público, com fornecimento de informações até mesmo sobre os repasses de recursos aos municípios.

 “Se queremos em Minas uma campanha onde o debate das ideias prevaleça, é necessário que todos os candidatos, em especial o nosso adversário, comecem a falar de dados concretos, de propostas consistentes. O candidato está hoje na obrigação de dizer qual foi o dia e a quem foram solicitadas informações sobre dados do governo que não foram transmitidas a ele”, afirmou Aécio Neves.

O ex-governador destacou, ainda, que as informações governamentais e a prestação de contas à sociedade foram publicadas durante toda sua administração nos sites e nos portais do Governo de Minas.  Os dados só foram retirados da internet, além do período da campanha eleitoral de 2006, a partir do último dia 3 de julho, por determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na Resolução 23.089/2009. A medida foi publicada em toda imprensa mineira. As informações, no entanto, permanecem sendo prestadas pelas secretarias de Estado e pelos órgãos públicos.

Aécio Neves disse que responderá a todas as inverdades que serão apresentadas aos eleitores mineiros durante a campanha. “Daqui por diante qualquer inverdade, qualquer acusação em relação ao governo nesses últimos anos será respondida diretamente por mim”, afirmou o ex-governador.

 

Leia também
Transcrição da entrevista do ex-governador Aécio Neves
Transcrição da entrevista governador Antonio Anastasia