Você está em:
IMPRIMIR

Anastasia diz que seu governo se pauta pelos ideais e valores seguidos por Juscelino Kubitschek

12 de setembro de 2010

O governador Antonio Anastasia aproveitou a solenidade de entrega da Medalha JK, em Diamantina, neste domingo, dia 12, para renovar aos mineiros seu compromisso de continuar administrando o Estado com seriedade e ao lado de lideranças que buscam, incansavelmente, o desenvolvimento social e econômico de Minas Gerais.  O governador participou da cerimônia de entrega da Medalha Presidente Juscelino Kubitschek. O evento é realizado anualmente no dia do aniversário do ex-presidente, que nasceu na cidade em 12 de setembro de 1902.

Neste ano, a medalha foi entregue a 201 personalidades e instituições que se destacaram nos cenários político, econômico, social, cultural e esportivo. Durante discurso, Antonio Anastasia ressaltou que, em seu governo, continuará se pautando pelos ideais e valores seguidos por JK.

“São valores que ainda hoje nos inspiram a superar os grandes desafios do nosso tempo. Sabia o presidente Juscelino que a superação do atraso só tinha um caminho: a conquista de um novo modelo de desenvolvimento. E foi por isso que ele cumpriu, em Minas e no Brasil, um mandato transformador e ousado. Quebrou paradigmas. Experimentou novas saídas para antigos problemas. Reinventou processos. Dedicou-se, já naquele tempo, à ideia do aperfeiçoamento da gestão, criando grupos de trabalho setoriais, mudando, passo a passo, a lógica da governança”, disse Antonio Anastasia.

O governador ressaltou, porém, que um bom governo não é fruto de apenas um político. E fez um alerta às lideranças e à multidão presentes ao evento que uma gestão de qualidade depende da cooperação de todos.

“O Brasil de hoje compreende, cada vez mais, que o futuro não está nas mãos de um só homem ou de um grupo. O futuro depende de todos e de cada um de nós. Depende da real autonomia política, econômica e administrativa dos Estados e dos municípios. E de uma autêntica e sólida federação, onde possamos discutir as decisões, dividir responsabilidades, esforços, recursos e resultados”, disse o governador.

Sem pausa para o conformismo

Antonio Anastasia recordou, ainda, o papel importante dos diamantinenses que na época do Brasil Colônia desejavam um país livre da exploração portuguesa. No palanque, diante da estátua de JK, o governador enfatizou que “a cautela é a mais poderosa das armas, mas entendemos que ela deve ceder lugar ao arrojo, quando procuram violar os limites intransponíveis da dignidade”.

“Em Minas não temos pausas para o conformismo. Não aceitamos a indolência da submissão. Não admitimos ouvir admoestações alheias, nem, muito menos, a ordem dos poderosos. Quando não nos rebelamos abertamente, aconselhados pela prudência, organizamo-nos para a resistência, às vezes com o silêncio comedido pela modéstia, mas a exercemos em plenitude e firmemente, no momento certo. E sempre, sempre, sempre, ao lado de nossa gente”, afirmou Antonio Anastasia.

Solenidade

O evento foi prestigiado por grande público, formado por centenas de diamantinenses e turistas, que não se importaram com o sol para ir à Praça JK, onde aconteceu a solenidade, e aplaudir os 201 agraciados, e prestando mais uma homenagem ao ex-presidente. Durante a entrega das medalhas, músicos da Associação dos Seresteiros de Diamantina cantaram e tocaram a música “Filho único, irmão de todos”, composta por Moacyr Franco em homenagem ao ex-estadista.

A canção emocionou os presentes, como dona Maria da Conceição Resende, de 60 anos, que se diz fã do ex-presidente: “Foi um grande estadista. Ajudou o Brasil a ser o que é hoje. Foi um político importante para Diamantina, Belo Horizonte, Minas Gerais e para o Brasil”.

O empresário Marcelo Silva Ramos, de Teófilo Otoni, foi um dos agraciados com a medalha. E não escondeu o orgulho: “É uma grande honra ter sido lembrado pelo Governo do Estado para receber a medalha JK, que foi um grande político. O ex-presidente e ex-governador foi um dos maiores brasileiros. É bom frisar que os agraciados com a medalha não são apenas de Minas Gerais, mas de todo o país”.


?Leia
Transcrição da entrevista do governador Antonio Anastasia
Governador Antonio Anastasia manterá postura respeitosa e propositiva durante disputa eleitoral 

Ouça
Entrevista do governador Antonio Anastasia