Você está em:
IMPRIMIR

Anastasia anuncia investimentos em polo de genética e parque tecnológico

3 de maio de 2011

O governador Antonio Anastasia autorizou, nesta terça-feira (03/05), durante a abertura da 77ª Exposição Internacional de Gado Zebu (ExpoZebu), em Uberaba, novos investimentos para o desenvolvimento de pesquisas na área da biotecnologia animal e vegetal. O Governo de Minas e a Prefeitura de Uberaba assinaram protocolo de intenções que prevê recursos de R$ 13,1 milhões para a implantação de um condomínio de empresas especializadas em biotecnologia, com o objetivo de consolidar o Parque Tecnológico de Uberaba.

 

Antonio Anastasia também autorizou a liberação de R$ 2,27 milhões, por meio da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), destinados, principalmente, ao projeto de desenvolvimento da segunda etapa de seqüenciamento do genoma de raças zebuínas.

 

Em pronunciamento durante a solenidade, o governador ressaltou a importância da parceria entre os três níveis de governos, produtores rurais e universidades, para agregar valor ao agronegócio e gerar mais emprego. Ele lembrou que o papel do estado é criar as condições para que a iniciativa privada se desenvolva.

 

“Da parte do governo de Minas temos uma responsabilidade muito grande. A assinatura desses atos bem sinalizam qual é o nosso propósito nessa seara relativa à pecuária, especialmente essa de altíssima tecnologia e de alta performance, que é a questão genética. O século XXI é o século do conhecimento, é o século que o valor se agrega ao conhecimento das pessoas. Temos que facilitar o processo produtivo e também melhorar a qualidade do nosso produto. Não vamos descansar um só minuto, até termos aqui de fato um polo de genética da pecuária e também na área vegetal, para termos aqui agregação de valor aos nossos produtos”, disse o governador.

 

Qualidade e tecnologia

 

Com o tema “Qualidade e Tecnologia”, a 77ª  ExpoZebu reúne cerca de 3 mil exemplares de diversas raças. Nesta edição, a programação da feira inclui mais de 40 leilões, concurso leiteiro, atividades socioeducativas e mostras culturais.

 

O presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), Eduardo Biagi, afirmou, durante a solenidade, que as medidas do Governo de Minas fortalecem o processo de expansão da produção genética bovina. Ele lembrou que a pecuária brasileira deu um salto de qualidade com a adoção de novas tecnologias para o aumento da produção.

 

“Em 1970, quando teve início a pesagem, um bezerro de 12 meses chegava a 260 quilos. No ano passado, o mesmo bezerro pesava 544 quilos, uma evolução de mais de 109%. Esses e outros números é que levaram a pecuária brasileira ao topo do ranking mundial”, disse o presidente da ABCZ.

 

Campanha de vacinação

 

Ao final da solenidade, o governador Antônio Anastasia vacinou um animal contra a febre aftosa, marcando o lançamento oficial da Campanha Nacional de Vacinação contra a doença. Entre os dias 1º e 31 de maio serão vacinados os rebanhos bovino e bubalino de Minas. O último foco da doença registrado no Estado foi em 1996. A expectativa é que 22,6 milhões de animais sejam vacinados, em 330 mil propriedades rurais em Minas.

 

“Felizmente estamos completamente livres da aftosa e vamos continuar assim. Essa questão simbólica aqui feita, da vacinação, é muito importante. Acredito que a essa altura todos os produtores de gado, aqui em Minas Gerais e no Brasil como um todo, já tenham a percepção clara do que significa a vacinação e a campanha da erradicação plena da febre aftosa para dar qualidade à nossa carne”, afirmou Antonio Anastasia.

 

O ministro de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Gonçalves Rossi, representou a presidenta Dilma Rousseff na solenidade. Além do governador, participaram da abertura oficial o vice-governador Alberto Pinto Coelho e os secretários de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, Agricultura, Elmiro Nascimento, e de Governo, Danilo de Castro.

 

Fonte: Agência Minas