Você está em:
IMPRIMIR

Aécio se diz surpreso com tratamento do governo federal a Minas

23 de março de 2011

O senador Aécio Neves (PSDB/MG) afirmou hoje que está surpreso e preocupado com a decisão da Petrobras de não implantar o pólo petroquímico em Ibirité. Um protocolo de intenções já havia sido assinado entre a empresa e o governo do Estado, em março de 2005. Confira a declaração:

 

\\\\\\\\\\\\\\\”Assim como muitos mineiros, estou extremamente surpreso e preocupado com o tratamento que o governo federal vem oferecendo a Minas Gerais. Primeiro, o Brasil assistiu à atuaçao pessoal da presidência da República, no final do ano passado, garantindo benefícios fiscais federais diferenciados para um único estado brasileiro, o que fez com que a Fiat terminasse por retirar de Minas a sua nova  planta de expansão, e, por consequencia, milhares de novos empregos. Hoje voltamos a ser surpreendidos com a decisão da Petrobras de não dar prosseguimentop ao protocolo de intenções assinado com Minas, em 2005, para criação de um pólo petroquímico no Estado, transferindo-o para a Bahia. A Petrobras precisa apresentar mais e melhores explicações aos mineiros para essa decisão que prejudica novamente o Estado. A previsão é que seriam gerados perto de 6 mil empregos diretos e
indiretos\\\\\\\\\\\\\\\”. 

 

Vale

 

Hoje, o senador Aécio Neves fez um pronunciamento no plenário do Senado alertando sobre tentativa do governo de intervir politicamente na companhia Vale, conforme notícias divulgadas pela imprensa nos últimos dias. Ouça: