Você está em:
IMPRIMIR

Aécio Neves defende debate de ideias durante campanha eleitoral

9 de julho de 2010

O ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado Federal, presidentes e representantes dos 13 partidos que apóiam a reeleição do governador Antonio Anastasia se reuniram, nesta sexta-feira, dia 9, na primeira reunião de trabalho da coligação Somos Minas Gerais. Enquanto o governador Antonio Anastasia, em viagem a Washington, assegurou mais US$ 598 milhões para áreas sociais e de infraestrutura, Aécio Neves repassou as principais diretrizes aos coordenadores da campanha majoritária, ressaltando que as lideranças terão papel estratégico na mobilização eleitoral.

“Temos uma aliança tão ampla, que mais de 80% dos candidatos nessa eleição pertencem aos partidos que estão coligados conosco. E é importante que eles estejam envolvidos na nossa campanha majoritária. Ela ocorrerá provavelmente na próxima semana, na quinta-feira, dependendo apenas da liberação por parte do TSE dos recibos que permitirão a confecção de material. Queremos ter uma grande largada, com todos os candidatos da coligação”, disse Aécio Neves.

Durante a reunião, Aécio Neves defendeu debate de idéias durante a campanha sem ataques pessoais. Segundo ele, os candidatos da coligação foram orientados a repassar o conteúdo do programa de governo por todo o Estado.

“Queremos que aqui em Minas haja uma discussão de ideias. Queremos que nosso projeto seja debatido e vamos fugir, certamente, de uma campanha de ataques pessoais, que não honra as tradições de Minas. Estamos largando com ânimo muito grande, com muito respeito pelos nossos adversários, e buscando o debate de alto nível. Temos um projeto para Minas Gerais que o Brasil e o mundo respeitam. Queremos dar continuidade a ele”, afirmou.


Transparência

Serão, ao todo, 1.036 candidatos a deputados federal e estadual na coligação. “Mostramos a estrutura da campanha, que, a partir de segunda-feira, começa a funcionar”, destacou Aécio Neves, acrescentando que a campanha dos candidatos da coligação Somos Minas Gerais será marcada, principalmente, pela seriedade e transparência.

Os presidentes dos partidos vão formar o conselho político da coligação Somos Minas Gerais. “Não podemos perder todas estas conquistas, tudo o que foi feito nestes sete anos e meio. Com a reeleição de Antonio Anastasia, estaremos dando continuidade ao projeto atual e estaremos avançando muito”, avaliou o presidente do PMN, deputado Walter Tosta.

O presidente do Democratas (DEM), Carlos Melles, ressaltou que o partido optará pela continuidade ao projeto de governo iniciado pelo governador Aécio Neves. “Temos que votar pela razão para continuar o que é melhor. Segundo, votar pela gratidão”. Já o presidente do PPS, Paulo Elisiário, destacou que o desempenho tanto na área econômica quanto na social o credencia” para a reeleição.


Zona da Mata

Aécio Neves aproveitou a presença dos aliados para destacar a importância do ex-presidente da República Itamar Franco, também candidato ao Senado, na chapa. “Itamar Franco está responsável pela estruturação da nossa campanha na Zona da Mata, que é uma região onde ele tem, mais do que qualquer outro, uma liderança extraordinária. Está montando comitê, arregimentando pessoas, discutindo com lideranças políticas. Nos próximos dias, estará conosco”.


Colombini

A reunião contou ainda com a presença de Rogério Colombini, que, no mês passado, entregou a presidência estadual do PRB e se desfiliou do partido, depois que a direção nacional da legenda vetou o apoio da sigla à reeleição do governador Antonio Anastasia.

“Entreguei a presidência do PRB em Minas e me desfiliei, pois não concordo com arrastão político. Além do mais, me alcançaram na minha dignidade e não permiti”, disse Colombini.

Além do conselho político, a coligação contará ainda com outros 25 coordenadores regionais, que ficarão responsáveis pela distribuição de materiais de campanha e de outras tarefas, como ajudar na divulgação do plano de governo da chapa majoritária.

Durante a reunião, o sociólogo Cláudio Beato, coordenador do programa de governo, destacou que os indicadores sociais e econômicos de Minas Gerais melhoraram muito nos últimos anos. “Hoje, Minas está num quadro completamente diferente do que estava antes”.

 

Ouça
 Audio da entrevista coletiva de Aécio Neves

 

Veja
Entrevista coletiva de Aécio Neves – Parte 1
Entrevista coletiva de Aécio Neves – Parte 2
Aécio Neves defende debate de ideias na campanha

 

Leia
 Transcrição da entrevista do ex-governador Aécio Neves


Confira

Outras fotos