Você está em:
IMPRIMIR

Aécio afirma que novo Mineirão será entregue dentro do prazo estipulado pela Fifa

26 de julho de 2010

O ex-governador Aécio Neves, candidato ao Senado Federal, afirmou, nesta segunda-feira, dia 26, que Minas Gerais concluirá o projeto de modernização do Mineirão dentro do prazo exigido pela Fifa, entidade organizadora da Copa 2014. Durante evento que formalizou o apoio de presidente dos clubes de futebol mineiros e das torcidas organizadas à candidatura à reeleição de Antonio Anastasia, Aécio Neves afirmou ainda que acompanhará a visita do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, para vistoriar as obras do Mineirão, prevista para a próxima quarta-feira, dia 28, ao lado do governador Antonio Anastasia e do prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda.

“Eu e o governador Anastasia temos falado com o Ricardo Teixeira permanentemente. É claro que é um processo, é uma disputa. Mas estamos fazendo o que é essencial, menos discurso e mais trabalho. O Mineirão é o único projeto que está absolutamente em dia, cumprindo o cronograma da Fifa. Então, vamos concluir esse projeto sem atraso, sem qualquer percalço, para que tenhamos a autoridade necessária para dizer que a melhor alternativa para a abertura é Belo Horizonte”, disse Aécio Neves.

 

Obras adiantadas

Belo Horizonte será uma das cidades-sede do principal evento esportivo do mundo e é uma das candidatas a receber abertura do mundial. O estádio do Mineirão será um dos mais modernos do país e estará concluído em dezembro de 2012, dentro do prazo definido pela Fifa para a realização da Copa das Confederações de 2013, evento teste para o Mundial. A reforma do Mineirão está na segunda fase de obras com o rebaixamento do campo, demolição de parte das arquibancadas inferiores e a reforma de banheiros e vestiários. A terceira etapa está em fase de licitação. O edital está disponível no portal de compras do Estado de Minas Gerais, no endereço www.compras.mg.gov.br.

As empresas interessadas têm até o dia 13 de agosto para apresentarem as propostas. A terceira fase de obras foi orçada em R$ 654,5 milhões, sendo R$ 426,4 milhões para intervenções no estádio e R$ 228,1 milhões para as obras da esplanada, anexos e estacionamentos. Desse total, R$ 400 milhões virão do BNDES, e o restante virá da empresa que ganhar a licitação. Serão instaladas bilheterias, equipamentos, câmeras, cobertura, lojas, restaurantes, estacionamento e passarela ligando o Mineirão ao Mineirinho.  

 

Independência e Arena do Jacaré

O Governo do Estado está investindo na reforma de estádios alternativos para receber os jogos durante a reforma do Mineirão. Na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, foram investidos R$ 13 milhões e as obras já foram concluídas. O Estádio do Independência, em Belo Horizonte, também passa por ampla reforma. As obras foram iniciadas em janeiro deste ano com o término previsto para março do próximo ano. Com os investimentos, a capacidade de público será ampliada de 10 mil para 25 mil lugares. Em razão disso, Aécio Neves afirmou que incentivará a inclusão de cidades do interior de Minas na lista das cidades candidatas a subsedes do Mundial.