Você está em:
IMPRIMIR

Anastasia: “manobras do PT não vão me tirar a serenidade”

29 de abril de 2016

 

REPÓRTER: O relator da comissão especial do impeachment do Senado, o senador Antonio Anastasia, do PSDB, contestou acusações feitas por parlamentares da base governista que comparam as políticas adotadas por sua gestão como governador de Minas Gerais pelo PSDB com as pedaladas fiscais cometidas pela presidente Dilma Rousseff. A intenção dos petistas é questionar a credibilidade de Anastasia. O senador disse que tais manobras não vão tirar dele a responsabilidade de conduzir o processo na Casa, e deixou claro que somente a presidente tem suas ações de responsabilidade sob análise.

SONORA SENADOR ANTONIO ANASTASIA
“Essas manobras não vão me tirar a responsabilidade e serenidade no exercício que o Senado me atribuiu de ser o relator desse processo (de impeachment) O objeto não é a análise de ações de responsabilidade de ex-governadores, ex-prefeitos ou ex-presidentes, mas da atual presidente da república. Ademais, é bom lembrar que meu governo já acabou há mais de dois anos, e por isso mesmo vou continuar trabalhando normalmente aqui com muito empenho e dedicação.”

REPÓRTER: Anastasia garante que manterá a serenidade e cumprirá os prazos estabelecidos pelo cronograma da comissão, que prevê a votação do relatório para a próxima sexta-feira, dia 06 de maio. De Brasília, Jéssica Vasconcelos.