Você está em:
IMPRIMIR

Aécio reúne com Temer e conversa com Pimentel alternativas para leilão de usinas da Cemig

16 de agosto de 2017

O que estamos buscando, e o presidente Temer se mostrou aberto a isso, é uma solução em que a Cemig continue a operar essas usinas hidrelétricas através de parcerias que possam ser construídas daqui até o momento do leilão. Com isso evitaria-se o leilão, o governo federal receberia pelo menos uma parcela daquilo que está prevendo arrecadar e a Cemig continua a gerar a energia fundamental, não apenas a sua sobrevivência enquanto empresa, mas às inúmeras ações que desenvolve em Minas Gerais, sobretudo nas regiões mais carentes”, afirmou o senador Aécio Neves (PSDB-MG), em entrevista coletiva, após reunião com o presidente da República, Michel Temer, na tarde desta terça-feira (15/09), para defender a manutenção da Cemig no controle das usinas de Jaguara, Miranda e São Simão.

Ex-governador de Minas, Aécio disse que está otimista na busca de uma solução para o impasse, causado pelo governo Dilma Rousseff, em 2012.