Você está em:
IMPRIMIR

Choque de Gestão: Educação de MG é modelo para Manaus

3 de julho de 2013

Choque de Gestão – Aécio Neves: Comitiva de educadores da Prefeitura de Manaus estão em MG para conhecer as políticas exitosas do Estado


O modelo inovador do Choque de Gestão, criado por Aécio Neves em 2003, quando assumiu pela primeira vez o Governo de Minas, continua dando exemplos para inúmeros estados e prefeituras do país.

Desta vez, foi a experiência de sucesso da área de educação que despertou o interesse da Prefeitura de Manaus (AM). Por orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, uma comitiva de profissionais da rede municipal de ensino do município amazonense está em Belo Horizonte conhecendo de perto o modelo mineiro.

Ao implantar o Choque de Gestão, Aécio Neves tinha uma meta para a educação: fazer que os alunos mineiros, àquela época, com índices abaixo da média nacional, voltasse a ocupar o topo do ranking de aprendizado no país.

Leia mais: Os 10 anos que mudaram Minas

Passados dez anos, o objetivo foi alcançado. Os alunos mineiros lideram os rankings do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (IDEB); são hexacampeões das Olimpíadas de Matemática das Escolas Públicas e atinge, ano a ano, as metas de aprendizado e alfabetização propostas pela Secretaria de Estado de Educação.

Entre as experiências que os educadores de Manaus estão conhecendo em Minas Gerais estão o Programa de Intervenção Pedagógica (PIP) e o Sistema Mineiro de Avaliação da Rede Pública (Simave). O PIP auxilia os educadores na elaboração de estratégias pedagógicas com foco no aprendizado do aluno do Ensino Fundamental. O trabalho é feito a partir de visitas periódicas às escolas e dos resultados das avaliações do Simave, que são aplicadas aos alunos dos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Na agenda dos educadores amazonenses ainda está prevista uma visita à Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores (Magistra) e a algumas escolas estaduais que vêm obtendo bons resultados no índice de aprendizado de seus alunos desde a implantação do novo modelo de política educacional do Choque de Gestão, implantado por Aécio Neves.