Você está em:
IMPRIMIR

Cartas de Conjuntura do Instituto Teotônio Vilela: A destruição dos fundos de pensão

3 de junho de 2016

itv

Os fundos de pensão foram uma das principais vítimas da má gestão, do loteamento político e dos negócios fraudulentos patrocinados pelo PT nos últimos anos. O déficit nas contas dessas organizações cresceu 16 vezes desde 2010. Em cinco anos, as entidades de previdência complementar acumularam rombo de R$ 153 bilhões.

Trabalhadores, aposentados e pensionistas estão sendo chamados a bancar os prejuízos. No Congresso, tramitam projetos voltados a dotar a gestão dos fundos de pensão de empresas públicas e estatais de maior profissionalismo e melhor governança, bem como evitar a ingerência política de que foram vítimas nas mãos de dirigentes petistas.

Confira AQUI a íntegra do estudo realizado pelo Instituto Teotônio Vilela sobre o tema.