fotos
Você está em:
IMPRIMIR

PSDB-MG celebra filiação do vice-governador Paulo Brant

16 de agosto de 2021

Vice-governador de Minas Gerais foi filiado ao PSDB entre 2007 e 2015 e agora retorna

O presidente do PSDB de Minas Gerais, Deputado Federal Paulo Abi-Ackel, confirmou na tarde de hoje (16), em entrevista coletiva, a filiação do vice-governador do estado, Paulo Brant, ao partido. O anúncio aconteceu na sede da agremiação, no Barro Preto, e contou com a presença das bancadas de deputados estaduais e federais da legenda. Brant retorna à sigla em que já foi filiado por oito anos.

Após apresentar Paulo Brant como novo integrante do quadro dos tucanos no estado, o PSDB de Minas Gerais celebrou a filiação do vice-governador. De acordo com o Presidente Estadual do partido, Deputado Federal Paulo Abi-Ackel, “nas últimas três décadas o PSDB de Minas protagonizou a vitória nas eleições e durante 16 anos governou o estado. É preciso registrar que o papel do PSDB na história recente de Minas é muito contundente e, em parte deste período, Paulo Brant esteve conosco. Portanto, é com muita satisfação que nós temos o vice-governador de volta ao seio da nossa família ”.

O vice-governador Paulo Brant destacou que “é com muita alegria e com muita honra que eu reingresso no PSDB. É o partido que tem valores, respeito à democracia e às instituições democráticas, à ética republicana e princípios inarredáveis. Partido que tem ideias, poucos partidos têm ideias. Ideias que não são dogmas e sim que orientam na sua trilha de construir um país melhor” concluiu.

Paulo Abi-Ackel reforçou ainda em seu discurso a força da política, que deve ser valorizada e vista cada dia mais como necessária.

“Paulo Brant reforça uma corrente política que tem honra e orgulho do seu papel, que longe dos extremos e longe de renegar a política, distante do discurso de demagogia contra a política, quer cada vez mais apresentar para Minas e para o brasil a alternativa de novos tempos, de muito entrosamento entre as diferenças, buscando sempre a União. Aliás, a política é isso e eu enalteço o papel da política. Eu acho que nós temos que ter muito orgulho de sermos políticos, porque é com a política que nós construímos a maioria e construímos as políticas públicas que buscam ajudar as pessoas que mais precisam”, concluiu o parlamentar.

Além de Paulo Brant, o professor de direito Ronaldo Brêtas também filiou-se ao partido.

BANCADA UNIDA

A filiação de Paulo Brant ao PSDB fortaleceu ainda mais a união entre os tucanos. As bancadas de Deputados Estaduais e Federais do partido estiveram presentes no evento e prestigiaram o anúncio. Entre os estaduais, estavam o Líder do Governo Zema na Assembleia Legislativa, Gustavo Valadares, além de João Leite, Antônio Carlos Arantes, Dalmo Ribeiro e Tito Torres. Dos representantes de Minas em Brasília, compareceram o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Rodrigo de Castro, os parlamentares Eduardo Barbosa e Domingos Sávio e o presidente do partido em Minas, Paulo Abi-Ackel. Aécio Neves também participou de forma remota. Além dos deputados, também participaram, de forma virtual, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e diversas lideranças de todo o Estado.

CURRÍCULO

Paulo Eduardo Rocha Brant nasceu em Diamantina, no dia 1 de maio de 1952, sendo filho do juiz Moacyr Pimenta Brant e de Iolanda Raimunda da Rocha. Aos 69 anos, é engenheiro civil formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e economista graduado pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG), com mestrado na área pela UFMG. Brant também é professor e gestor tanto na área pública quanto na iniciativa privada. Paulo Brant está retornando ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), legenda em que foi filiado entre 2007 e 2015.