Você está em:
IMPRIMIR

Por decisão unânime, Bruno Araújo permanece no comando do PSDB até 2022

12 de fevereiro de 2021

Bruno Araújo permanecerá no comando do PSDB até maio de 2022. A decisão unânime da Executiva Nacional do partido referendou ofício assinado pelos presidentes de diretórios estaduais e pelas bancadas na Câmara e no Senado.

Reunida online nesta sexta-feira (12/02), a Executiva garantiu ainda autonomia para que os diretórios estaduais e municipais possam decidir sobre a prorrogação ou não dos mandatos locais. A decisão está contida na Resolução 01/2021.

“Essa recondução é fruto do trabalho agregador do presidente Bruno Araújo e será importante para a nossa unidade e para que o partido siga ajudando a construir um país melhor”, argumentou o Líder do PSDB na Câmara, deputado Rodrigo de Castro. “A decisão é uma demonstração de convergência do partido, de alinhamento, que teremos também nas votações do Congresso”, completou o Líder no Senado, Izalci Lucas.

A capacidade de Bruno Araújo para promover o diálogo e a democracia interna foi destacada pela prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro. “As eleições mostraram que os extremos foram rejeitados. E essa recondução nos traz segurança para caminhar daqui em diante sempre com equilíbrio e prudência”, afirmou. Para o presidente do PSDB de Minas Gerais, deputado Paulo Abi-Ackel, “Bruno desempenha um excelente trabalho e respeita a tríade do PSDB: diálogo, equilíbrio e democracia.”

Os membros da Executiva também atribuíram os bons resultados alcançados pelo PSDB nas últimas eleições ao trabalho desenvolvido pela direção nacional em conjunto com os diretórios estaduais e municipais. Em 2020, o partido foi o mais votado do Brasil, elegeu 520 prefeitos e comanda atualmente cidades onde vivem 34 milhões de pessoas. “Hoje estamos fazendo um gesto de convergência em reconhecimento a uma Executiva que mostrou resultados”, reforçou o deputado federal Beto Pereira, secretário-geral do PSDB.