Você está em:
IMPRIMIR

Núcleo Mulher acolhe e orienta vítimas de violência doméstica em Caxambu

5 de maio de 2021

O curso de Direito da UninCor, em parceria com a Prefeitura Municipal de Caxambu lança o projeto Núcleo Mulher, com o objetivo de oferecer apoio jurídico e psicológico à mulheres vítimas de violência doméstica.
Enquanto os docentes e alunos do curso oferecem orientação e apoio jurídico, a Prefeitura oferece a infraestrutura física do CREAS, onde é feita a triagem dos casos e encaminhados ao Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) da UninCor. Se necessário, a Prefeitura oferece apoio psicológico à mulher e sua família.

O prefeito, Diogo Curi  Hauegen (PSDB) agradece à UninCor pela parceria e coloca-se à disposição para o que for necessário: “Primeiro eu gostaria de agradecer à UninCor, porque não é a primeira parceria que temos, já tiveram diversas parcerias em que a UninCor atuou aqui de maneira social, com eventos pontuais na área de saúde, com turismo e agora essa parceria da implantação do Núcleo para atender às mulheres vítimas de assédio, de violência. A ideia partiu da professora Daiane, que é nossa amiga, também foi uma colaboradora muito grande da Prefeitura, quando atuou no Ministério Público junto ao meio ambiente”, diz o prefeito.

O Núcleo foi inaugurado no Dia da Mulher (08 de março) com uma roda de conversa on-line com o título “Fortalecendo as Nossas Vozes”, com a palestrante Luciana Laudares. A palestra foi a primeira, mas a equipe pretende realizar outras, como medida preventiva de conscientização a partir de um trabalho de educação e humanização, respeito e informação, de forma que, havendo a violência, ela seja denunciada e reprimida com veemência.

A violência doméstica é o ponto inicial do Núcleo, mas a intenção, tanto da universidade, quanto da prefeitura é expandi-lo com outras ações junto às mulheres de Caxambu.

A próxima roda de conversa do Núcleo já está agendada para o dia 12 de maio e o tema abordado será “O Papel do Saneamento na Vida da Mulher”. “A palestra vai tratar a importância das mulheres no saneamento, porque a mulher historicamente era quem ia buscar água, ela que corria o risco, ela que geralmente faz toda a higiene da casa, tudo com relação à água, então vai ser bem bacana essa próxima palestra”, diz Daiane Fernandes Pereira Lahmann, idealizadora do projeto.

O curso de Direito da UninCor vai promover também a Semana Jurídica de 05 a 06 de maio e no dia 06, às 20h30, acontecerá a palestra “Aspectos Gerais da Lei Maria da Penha e o Aumento da Violência Doméstica Durante a Pandemia” com a Dra. Nicole Perim, delegada titular da Delegacia especializada de atendimento à mulher e crimes sexuais de Vespasiano-MG.