Você está em:
IMPRIMIR

Autorizada a implantação de novas ferrovias em Minas Gerais

15 de setembro de 2021

O Governo Federal recebeu pedidos de autorização para construção de dois novos trechos ferroviários em Minas e um deles, que ligará Ipatinga a São Mateus (ES), será construído e operado pela empresa Petrocity Portos S.A. Os projetos da Petrocity no Estado tem contado com o apoio do deputado Tito Torres  junto ao Governo de Minas para se concretizarem e trazerem benefícios que vão impactar todo o Estado.

O trecho de Ipatinga a São Mateus vai contar com 420 km de extensão e investimento de R$ 5 bilhões. O outro trecho autorizado será de Uberlândia a Chaveslândia, no Triângulo, e terá 235 km de extensão e investimento previsto de R$ 2,7 bilhões.

As autorizações têm como base o novo Marco Legal das Ferrovias, criado a partir da publicação da Medida Provisória 1.065/2021 e alinhado à política estadual para o setor, lançada pelo Governo de Minas por meio do Plano Estratégico Ferroviário (PEF).

As medidas permitem que a iniciativa privada invista na construção ou requalificação de ferrovias dentro de um modelo de autorização, com maior liberdade de empreender e menor regulação estatal.

“Essa nova legislação vai permitir viabilizar ferrovias em um regime de livre concorrência e agilizar a implantação de novos trechos no Estado. Parabenizo a Petrocity por ter conseguido a autorização para realização desse projeto que vai fazer a diferença na infraestrutura do nosso Estado. Desde 2019 tenho sido parceiro da Petrocity, inclusive, junto com o presidente da empresa, José Roberto, já discutimos com o governador Romeu Zema os planos da Petrocity para Minas”, afirmou o deputado Tito Torres.