Você está em:
IMPRIMIR

Aécio fala sobre gestão pública de qualidade em Seminário com Organismos Internacionais

10 de setembro de 2021

O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional, deputado Aécio Neves (PSDB-MG), participou, nesta quinta-feira (09/09), do Seminário “Gestão por Desempenho e Desenvolvimento de Talentos: valorizando e reconhecendo pessoas”, realizado pela Câmara dos Deputados em parceria com a OCDE e o PNUD.

Responsável pela implantação da mais ampla reforma administrativa em Minas Gerais, quando governador, Aécio falou sobre o alcance da boa gestão dos serviços públicos na qualidade de vida das pessoas.

“A gestão pública planejada com estratégia e método traz resultados concretos na vida das pessoas, em todas as sociedades em qualquer parte do mundo. Em Minas Gerais, em meus dois mandatos como governador, fizemos uma verdadeira revolução e alcançamos os melhores resultados do país na educação, os melhores serviços de saúde da região Sudeste, implantamos metas em todos os serviços prestados à população e garantimos o justo reconhecimento dos servidores. Temos de sinalizar sempre que a gestão de qualidade deve ser uma política de Estado e não de governos”, afirmou Aécio.

O deputado destacou o processo de modernização dos serviços públicos realizado em Minas e o reconhecimento obtido, não apenas no Brasil, mas também por vários organismos internacionais, como o Banco Mundial.

Foi durante o governo Aécio que o Estado implementou o sistema de avaliação de desempenho na rede pública de ensino e programas de capacitação e valorização dos professores, como, por exemplo, o pagamento de bônus salarial por metas atingidas por escolas na formação dos alunos.

Também foi criada a exigência de uma certificação para ocupantes de cargos comissionados com responsabilidade financeira, que passaram a ser submetidos a uma avaliação pela Universidade Federal de Minas Gerais.

“Implementamos uma série de ações que fortaleceram a governança em todo o Estado, mesmo com as grandes diferenças entre as suas muitas regiões”, afirmou o ex-governador.