Você está em:
IMPRIMIR

Protagonizando a participação das mulheres no PJB 2017, Izabela Costa é eleita presidente da Mesa Diretora

26 de setembro de 2017

21994313_1520923018015990_635269162057127847_o-300x199

A sessão solene de posse dos jovens deputados e a eleição da Mesa Diretora foram destaque da programação do segundo dia da 14ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro. A jovem parlamentar Izabela Costa Arantes, do Rio de Janeiro, foi eleita presidente da Mesa, com 31 votos, protagonizando a participação feminina na política. Entusiasmados com a presença de jovens de todos os estados e do Distrito Federal, deputados do PSDB ressaltaram a importância da simulação da jornada parlamentar que o programa propicia.

De forma proporcional, dada pelos 78 estudantes participantes, foram criadas três chapas para a disputa dos cargos da Mesa Diretora, que são: presidente da mesa, vice-presidente, primeiro-secretário e segundo-secretário. Antes da eleição, os candidatos à presidência da Câmara ocuparam a tribuna para discursar e defender suas ideias.

Em seu discurso, a presidente eleita destacou a importância da representação feminina no Legislativo, lembrou que 50% dos jovens selecionados para participar do PJB 2017 são mulheres, mas alertou para a atual realidade da Casa, que evidencia um quadro dramático de desigualdade de gênero: dos 513 deputados, apenas 55 são mulheres.

“Nós aqui lutamos pela representatividade feminina e pela igualdade de gênero, bem como lutamos pela conquista e interação de todas as minorias, que na realidade são a maioria no populacional, sendo a minoria apenas no âmbito político. Precisamos olhar as pessoas de forma sensibilizada, não com o intuito de distingui-las em homens, mulheres, homossexuais, negros, brancos ou pobres, mas sim como pessoas, como seres humanos que precisam dos seus direitos garantidos”, defendeu.

A jovem também alertou para a intolerância presente em todas as esferas da sociedade, e destacou que diante disso, como em tantos outros momentos importantes na história do Brasil, só os jovens podem fazer a diferença. Como estudante, ela afirmou que a eleição foi fundamental para seu aprendizado por se tratar de ser um processo que talvez de fora, não fosse possível compreender.

Idealizador do PJB, o deputado Lobbe Neto (PSDB-SP) presidiu a mesa durante a eleição e parabenizou os jovens pela participação. Ele salientou o programa como uma oportunidade de possibilitar aos jovens o exercício da cidadania, o conhecimento sobre o parlamento da forma como ele realmente é, e de incentivá-los a terem maior participação na política.

“É uma oportunidade ímpar para todos vocês jovens parlamentares, e para que vocês possam no dia a dia se tornar uma nova liderança, participando do DCE, de entidades estudantis e futuramente na vereança, ou como deputados estaduais, federais, ou ainda senadores, representando seu estado, seu município no parlamento do Brasil”, defendeu.

A 2ª secretária da Casa, deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO), encorajou os participantes a não desistirem dos seus sonhos. Assim como ela, um dia eles podem ocupar cargos no Legislativo e fazer a diferença, renovando a política brasileira e representando seus estados. “Vocês dão orgulho para toda a nação brasileira em querer fazer parte dessa mudança que o país precisa”, afirmou.

Também presente, o deputado Geraldo Resende (PSDB-MS) elogiou a iniciativa de Lobbe Neto como forma de criar projetos e políticas públicas que visam o desenvolvimento da juventude, principalmente, referente ao conhecimento do trabalho no Legislativo. Segundo ele, só assim no futuro se poderá ter uma representação política “à altura do povo brasileiro”.

Na eleição também foram eleitos: Marcos Vinicius Soler Baldasi, do Paraná, como vice-presidente; Ester Lima Toledo, do Distrito Federal, como Primeira-Secretária; e Lara Tamyres Pereira, do Pará, como Segunda-Secretária.

Durante a semana, os jovens parlamentares realizarão diversas atividades. Nesta terça-feira (26/9), participarão de curso de capacitação sobre o processo legislativo e, posteriormente, iniciarão as atividades deliberativas no Plenário e nas Comissões. Os projetos que serão deliberados serão aqueles de suas autorias, com os quais foram selecionados para participar do programa.

Fonte: PSDB na Câmara