Você está em:
IMPRIMIR

Deputada Mariana Carvalho incentiva jovens do Estágio-Visita a participar da política nacional

22 de junho de 2017

19420639_1348576365259933_5616532453810876559_n

Nesta semana (18 a 23/6), a Câmara dos Deputados está recebendo mais uma turma do Estágio-Visita, iniciativa da Segunda Secretaria, comandada pela deputada Mariana Carvalho (PSDB-RO). A parlamentar participou de um debate com os estudantes dividindo suas experiências e destacando a importância da participação do jovem na política. Foram indicados 70 universitários de todo o país para participar do programa que visa incentivar o exercício da cidadania.

Segundo a deputada, o programa dá a oportunidade de os estudantes debaterem os diversos assuntos pautados no Legislativo e formarem suas próprias opiniões de forma democrática. “Às vezes temos uma opinião de uma forma, mas ouvindo as pessoas temos a condição de entender melhor o assunto”, ressalta.

Durante cinco dias, os participantes têm acesso a conhecimentos relacionados ao funcionamento da Casa e entram em contato com os parlamentares. Para tanto, participam de palestras, debates, visitas, vivências e simulações que possibilitam o desenvolvimento de conhecimentos sobre democracia e o papel do Legislativo.

Conversa motivadora

Em uma das atividades, Mariana Carvalho, que é formada em Direito e Medicina, disse aos estudantes que independentemente da área de formação, o conhecimento adquirido sempre pode contribuir para a vida pública. “Nunca é tarde para começar. Nunca deixem os estudos para depois, nossos conhecimentos são fundamentais”, motivou.

A alagoana Amanda Mendonça, 19 anos, confessou que gostaria de ser deputada, mas tinha receio da opinião das pessoas por ser jovem e mulher. A parlamentar lembrou que sofreu críticas quando tinha 16 anos e quis tirar o título de eleitor, mesmo sem a obrigatoriedade. Com isso, viu a necessidade de criar um movimento e fazer com que aquelas pessoas mudassem o pensamento e decidissem o futuro do país. A partir de então, não desistiu de seu sonho, sendo eleita como vereadora em Rondônia, aos 21 anos.

“Os desafios foram muitos, primeiro por ser mulher, jovem, e de Rondônia, um estado pequeno. Mas há algo que sempre digo: todos nós somos iguais, basta acreditar no nosso potencial e não desistir. Independente do sexo, da idade ou da religião, temos que acreditar na nossa força e nos nossos sonhos”, completou Mariana.

Em outro momento, a tucana defendeu que não se pode deixar que as pessoas de bem desistam de participar ativamente do processo político do país. “Espero que o programa os motive a estarem aqui ocupando esse espaço. Não deixem que a corrupção, que as pessoas que envergonham o nosso país, afetem vocês e os afastem da política, precisamos de vocês participando”, disse aos universitários.

Além disso, a deputada dividiu com os estudantes como têm sido desenvolvidas as pautas sobre o novo Ensino Médio e políticas relacionadas à Primeira Infância. E ainda os alertou para o cuidado com as notícias falsas.

Como participar

O programa é formado por turmas de no máximo 70 alunos. Tanto os estudantes de graduação quanto os de pós-graduação podem participar do Estágio-Visita. As atividades acontecem a cada 30 dias, com exceção dos meses de recesso parlamentar e início de sessão legislativa.

Para participar, os interessados deverão entrar em contato com o gabinete de um deputado federal que representa seu estado e solicitar sua indicação. Cada deputado pode indicar até dois universitários por semestre para integrar o programa.

Caso tenha aprovada a indicação, o estudante deverá enviar os documentos necessários para pré-inscrição. A partir disso, o gabinete ficará responsável por efetivar a participação do requerente no Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (CEFOR) da Casa.

As despesas relacionadas à hospedagem, alimentação e ao translado entre o alojamento e ao Congresso Nacional serão custeados pela Casa, as demais, serão de responsabilidade do participante.

Para mais informações acesse AQUI.

SERVIÇO:
Serviço de Estágios do Cefor – (61) 3216-7677/ 3216-7673
Núcleo de Formação para a Democracia – (61) 3216-7618/7619

Fonte: Diário Tucano