Você está em:
IMPRIMIR

Alex de Freitas (PSDB) é eleito por unanimidade presidente da Frente Mineira de Prefeitos

9 de junho de 2017

A posse de Alex de Freitas como presidente da Frente Mineira de Prefeitos será dia 29 de junho; tucano foi eleito por unanimidade

A posse do prefeito de Contagem Alex de Freitas como presidente da Frente Mineira de Prefeitos será no dia 29 de junho; tucano foi eleito por unanimidade

Ilce Rocha, prefeita de Vespasiano, também faz parte da nova diretoria da entidade; quatro outros prefeitos tucanos serão coordenadores regionais

O prefeito de Contagem, Alex de Freitas (PSDB), é o novo presidente da Frente Mineira de Prefeitos (FMP). Ele foi eleito, por unanimidade, durante o 108º Encontro de Prefeitos das Cidades Polo de Minas Gerais, promovido na última quarta-feira (08/6), no município de Nova Lima. A prefeita de Vespasiano, Ilce Rocha, também faz parte da nova diretoria. Ele foi eleita secretária.

Outros gestores tucanos vão fazer parte da entidade como responsáveis pelas coordenadorias regionais: o prefeito de Governador Valadares, André Merlo, será o coordenador regional do Vale do Rio Doce; o prefeito de Coronel Fabriciano, Marcos Vinícius, assumirá a coordenação regional do Vale do Aço; o prefeito de Unaí, José Gomes Branquinho, coordenador da Regional do Noroeste, e o prefeito de Cataguases, Willian Lobo, coordenará a Regional da Zona da Mata.

A posse do prefeito de Contagem e demais membros da nova diretoria da Frente Mineira de Prefeitos será realizada no dia 29 de junho.

Entre as ações que pretende conduzir à frente da entidade, Alex de Freitas assegurou que vai empregar todos os esforços para garantir a apuração correta do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), que, com a derrubada do veto pelo Congresso, teve sua redistribuição garantida.

Pelo texto aprovado no Congresso no dia 5 de maio, o ISS passa a ser direcionado para os municípios onde o serviço é consumido, ou seja, no domicílio dos clientes de cartões de créditos e débito, leasing e de planos de saúde. Atualmente, o imposto está concentrado em apenas 35 cidades, onde a empresa prestadora do serviço está sediada. . “Estamos perto de dar um salto qualitativo com esta medida. Contagem, por exemplo, espera aumentar a arrecadação em torno de R$ 20 a R$ 25 milhões”, informou.

Mas para isso, segundo o prefeito, é necessário que os municípios sejam ágeis e tenham aparato tecnológico. “A grande dificuldade está em apurar esse tributo. A nossa prefeitura, assim como muitas em Minas e no Brasil, está no tempo analógico. Só teremos esse recurso se, de fato, houver apuração correta do imposto. Portanto, a partir de hoje a FMP irá montar grupos de trabalho para verificarmos com lupa essa questão”, ressaltou.

Já para driblar a falta de perspectiva de melhoria no repasse do Fundo de Participação dos Municípios e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Alex de Freitas prometeu trabalhar para estimular a economia regional.

“Andaremos, em 2017, no caminho da incerteza. Por isso, a Frente vai apresentar propostas possíveis para desenvolver polos econômicos, O avanço regional da economia é a chave para abrirmos novos emprego e dar dignidade ao povo, além de gerar receita para as prefeituras. Sem desenvolvimento econômico, nós vamos continuar no mesmo lugar”, destacou.

Por fim, o novo presidente defendeu que a FMP continue a ser uma trincheira para proteger a boa política e o cidadão. “Esperem dessa gestão a defesa intransigente dos direitos das prefeituras junto ao Executivo, legislativo e Judiciário. O mandato de cada um de nós é um sopro de oportunidades, pois em cada prefeito e prefeita eleita, o povo confiou esperança e o futuro da sua cidade”, reiterou.

Ao entregar o cargo, o ex-prefeito de Divinópolis e ex-presidente da FMP, Vladimir Azevedo (PSDB), afirmou que deixava o mandato com o sentimento de dever cumprido. “Na atual conjuntura política e econômica do país, esse tipo de instituição provavelmente morreria pela descrença. Contudo, temos uma nova geração de prefeitos, com capacidade para liderar e fazer um novo país, focado na transformação da sociedade local”, avaliou.

FMP

A Frente Mineira de Prefeitos foi fundada há 13 anos, com a intenção de defender os interesses dos municípios com mais de 35 mil habitantes, que hoje são 85 em Minas Gerais. A entidade tem como objetivo fortalecer as decisões e compartilhar as boas experiências na gestão das cidades do futuro.

Confira a nova diretoria da entidade para o biênio 2017/2019:

Presidente: Prefeito de Contagem – Alex de Freitas (PSDB)
Vice-Presidente: Prefeito de Uberaba – Paulo Piau (PMDB)
Secretária: Prefeita de Vespasiano – Ilce Rocha (PSDB)
Segundo Secretário: Prefeito de Ipatinga – Sebastião Quintão (PMDB)
Tesoureiro: Prefeito de Teófilo Otoni – Daniel Sucupira (PT)
Segundo Tesoureiro: Prefeito de Juiz de Fora – Bruno Siqueira (PMDB)
Diretor de Relações Institucionais: Prefeito de Betim – Vittório Medioli (PHS)
Diretor Executivo: Prefeito de Montes Claros – Humberto Souto (PPS)

Coordenadoria Regional do Triângulo e Alto Paranaíba:
Prefeito de Araguarí – Marcos Coelho (PMDB)

Coordenadoria Regional do Sul e Sudoeste:
Prefeito de Três Corações – Dr. Cláudio Pereira(PMDB)

Coordenadoria Regional Central Metropolitana de BH:
Prefeito de Nova Lima – Vitor Penido (DEM)

Coordenadoria Regional do Centro Oeste:
Prefeito de Itaúna – Neider Moreira (PSD)

Coordenadoria Regional do Vale do Rio Doce:
Prefeito de Governador Valadares – André Merlo (PSDB)

Coordenadoria Regional do Vale do Aço:
Prefeito de Coronel Fabriciano – Marcos Vinicius (PSDB)

Coordenadoria Regional do Jequitinhonha e Mucuri:
Prefeito de Almenara – Ademir Gobira (PSD)

Coordenadoria Regional do Norte:
Prefeita de Pirapora – Marcela de Warmillon (PSD)

Coordenadoria Regional do Noroeste:
Prefeito de Unaí – José Gomes Branquinho (PSDB)

Coordenadoria Regional da Zona da Mata:
Prefeito de Cataguases – Willian Lobo (PSDB)

Conselho Fiscal:
Prefeito de Caratinga – Dr. Welington Moreira (DEM)
Prefeito de Ribeirão das Neves – Junynho Martins (PSC)
Prefeito de Brumadinho – Neném da Asa (PV)

Suplentes:
Prefeito de Mariana – Duarte Júnior (PPS)
Prefeito de Itabira – Ronaldo Magalhães (PTB)
Prefeito de Curvelo – Maurílio Soares Guimarães (DEM)