Você está em:
IMPRIMIR

Projeto “Janela Mágica” leva a arte da fotografia artesanal às bibliotecas municipais de Poços de Caldas

4 de setembro de 2017

Projeto ensina o pinhole, técnica artesanal em que se confeccionam câmeras fotográficas sem lentes, a partir de embalagens e materiais alternativos, como caixas e latas

Projeto ensina o pinhole, técnica artesanal em que se confeccionam câmeras fotográficas sem lentes a partir de embalagens e materiais alternativos, como caixas e latas

selogestaotucana

O projeto Janela Mágica está percorrendo as bibliotecas públicas de Poços de Caldas, no Sul de Minas, levando a arte da fotografia artesanal aos frequentadores dos espaços culturais. O projeto foi criado em 2006 pelo arte-educador Sérgio Fernandes com o objetivo de divulgar a técnica pinhole, popularizando-a, principalmente entre as crianças.

Pinhole é uma técnica fotográfica artesanal em que se confeccionam câmeras fotográficas sem lentes, a partir de embalagens e materiais alternativos, como caixas e latas. Nas oficinas, os participantes têm a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a história da fotografia através de câmeras que marcaram época e também podem confeccionar suas próprias máquinas fotográficas pinhole, além de captar e revelar as imagens no trailer laboratório do projeto.

Em 2017, com o patrocínio do grupo DME e apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, o Janela Mágica está percorrendo as bibliotecas municipais da cidade com seu laboratório móvel e realizando atividades abertas aos interessados.

Para marcar o encerramento desta temporada de atividades, o Janela Mágica realizará em novembro uma exposição final com os resultados das oficinas na Biblioteca Centenário.

Nessa data, o projeto também oferecerá uma oficina de fotografia analógica, em que os participantes poderão conhecer todo processo fotográfico pré-digital, fotografando com câmeras analógicas e, em seguida, revelando os filmes P&B e ampliando a fotos.

De acordo com o coordenador das bibliotecas, Yuri Almeida, “as bibliotecas públicas estão abertas para quaisquer projetos que venham para somar”. Para mais informações acesse www.facebook.com/ProjetoJanelaMagica e www.janelamagica.net.br