videos
Você está em:
IMPRIMIR

Problema do consumo de crack deve ser enfrentado com coragem, diz Rodrigo de Castro

23 de junho de 2017

Rodrigo-de-Castro-Foto-George-Gianni-PSDB-121

O deputado federal Rodrigo de Castro (PSDB-MG) chamou atenção para os números alarmantes do consumo de crack. Segundo ele, das 853 prefeituras de Minas Gerais, 744 relataram problemas com a droga. Em entrevista ao site Conversa com os Brasileiros, o tucano destaca que mais de 200 prefeitos afirmaram enfrentar graves problemas relacionados ao uso da substância na cidade.

“O problema se torna mais agudo especialmente nas pequenas e médias cidades porque elas têm dificuldades com locais de internação e profissionais especializados em lidar com a questão”, explicou Castro. As tristes cenas vistas em capitais como São Paulo e Belo Horizonte também acontecem em municípios menores, alerta o parlamentar.

O problema do crack é de saúde pública e deve ser enfrentado com coragem, acrescenta o deputado. “Temos pedido ao governo federal e ao governo do estado mais auxílio às prefeituras, que sozinhas não têm condições de lidar com o problema. Existe um contingente enorme de brasileiros aprisionados pelo vício no crack e precisamos agir”, reforçou.

Consumo de drogas

O Relatório Mundial sobre Drogas, divulgado nessa quinta-feira (22/6) pela Organização das Nações Unidas (ONU), revela que cerca de 5% da população mundial consumiu algum tipo de droga em 2015. Pelo menos 190 mil morreram prematuramente por causas diretas relacionadas ao uso de entorpecentes. Segundo o levantamento, 29,5 milhões de pessoas sofrem com transtornos graves pelo consumo de drogas.

Assista:

Fonte: PSDB na Câmara