Você está em:
IMPRIMIR

Prefeitura de Governador Valadares intensifica ações contra febre amarela a partir deste fim de semana

10 de Fevereiro de 2017

vacinação

Caso da doença ainda não foi registrado no município, mas, após laudo positivo sobre a morte de um macaco encontrado no bairro Santa Rita, Secretaria de Saúde fará bloqueios vacinal e vetorial

PSDBnacidade2

A Secretaria Municipal de Saúde de Governador Valadares vai intensificar as ações contra a febre amarela a partir deste sábado (11/02). Ainda não foi registrado nenhum caso da doença no município, mas, após receber da Superintendência Regional de Saúde o laudo positivo da morte de um macaco, a secretaria elaborou um plano de contingência no município, que contará com bloqueios vacinal e vetorial.

O animal foi encontrado morto no dia 18 de janeiro no bairro Santa Rita, nas proximidades da sede do Desafio Jovem do Rio Doce (Dejord). A Dejord é uma entidade filantrópica que trabalha na orientação, recuperação e reintegração de toxicômanos e alcoólatras.

As ações vão começar pela região do bairro Santa Rita, seguindo para os bairros próximos. A vacinação será feita de casa em casa e também haverá aplicação de fumacê. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as medidas visam proteger a população, evitando a transmissão de febre amarela no município. O Hospital Regional recebeu até agora apenas doentes vindos de outras cidades.

Confira os procedimentos que terão início a partir deste sábado (11/02) em Governador Valadares:

Bloqueio vacinal: Verificação de situação vacinal e atualização do cartão de vacinas casa a casa por meio da atuação de equipes volantes e equipes da Estratégia Saúde da Família. Durante a semana, as pessoas ainda não vacinadas serão encaminhadas às Unidades de Saúde. Nos finais de semana, a partir deste sábado (11/02), a vacinação também será feita de casa em casa, começando pela região onde foi encontrado o macaco infectado.

Bloqueio vetorial: aplicação de UBV (fumacê) pesada complementada de UBV costal em localidades de difícil acesso. Essa ação terá início na próxima quarta-feira (15/02), com duração aproximada de 20 dias para abranger o bairro Santa Rita e adjacentes. Nas localidades rurais, caso sejam identificadas áreas com baixa cobertura vacinal, o plano de contingência prevê até a borrifação casa a casa.

Visita do ministro

O ministro Ricardo Barros (à esquerda) esteve em Governador Valadares no dia 3 de fevereiro e foi recebido pelo prefeito André Merlo

O ministro Ricardo Barros (à esquerda) esteve em Governador Valadares no dia 3 de fevereiro e foi recebido pelo prefeito André Merlo; hospitais foram visitados

Na última semana, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, visitou Governador Valadares e elogiou a “extraordinária” agilidade do município ao executar as ações contra a febre amarela e a cobertura vacinal de 90% população da região contra a doença. Só em Valadares já foram vacinadas mais de 118 mil pessoas em fevereiro.

Durante a visita, o ministro liberou R$ 40 milhões para os municípios mais afetados e o ressarcimento dos valores gastos pelas prefeituras.

Antes da visita de Ricardo Barros a Governador Valadares, que aconteceu no dia 3 de fevereiro, o prefeito André Merlo (PSDB) participou de uma reunião com o ministro de Saúde, em Brasília. O encontro foi articulado pelo senador Aécio Neves (PSDB-MG), que também participou da reunião.

A reunião realizada no Ministério da Saúde contou com as presenças dos prefeitos e representantes das cidades de Teófilo Otoni, Itambacuri, Malacacheta, Ladainha, Poté, Ubaporanga, Setubinha, São Sebastião do Maranhão, Imbé de Minas, Governador Valadares, Manhumirim, Diamantina, Chapada do Norte, Caratinga, Frei Gaspar e Ouro Verde.

Com informações da Prefeitura de Governador Valadares

Leia também:

Prefeitura começa a instalar armadilhas contra o Aedes aegypti

Ministro da Saúde Ricardo Barros visita Valadares

Confira ainda:

Em reunião com Aécio, ministro da Saúde anuncia recursos para cidades mineiras atingidas por febre amarela