Você está em:
IMPRIMIR

Polo da Moda de Guaxupé recebe sua segunda indústria e outras 29 estão em processo de instalação

2 de agosto de 2017

O prefeito Jarbinhas e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Marcos Emmanuel Maia de Oliveira, visitaram as indústrias instaladas no Polo da Moda

O prefeito Jarbinhas e o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Marcos Emmanuel Maia de Oliveira, visitaram as indústrias instaladas no Polo da Moda

selogestaotucana

O prefeito Jarbinhas (PSDB) visitou, na última semana, as obras de instalação das empresas no Polo da Moda de Guaxupé. Jarbinhas estava acompanhado do secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Marcos Emmanuel Maia de Oliveira.

A primeira indústria a iniciar suas atividades no Polo da Moda foi a “Botinas Galopeira”. José Benedito de Moraes, proprietário da fábrica de calçados, passou de cinco para 20 colaboradores. Já a segunda empresa que iniciou suas atividades, em junho deste ano, a “Calçados Idere”, da empresária Rosa Maria Alves, está com 15 pessoas trabalhando diretamente na produção. Com a melhora que vem apresentando a economia do Brasil nos últimos meses, a expectativa é de que esse número passe para 40 funcionários.

O secretário Marcos Emmanuel explicou o trabalho que a Prefeitura de Guaxupé vem fazendo para atrair indústrias e concretizar o Polo da Moda. “A primeira providência da administração municipal foi a regularização dos lotes. Em 2013, quando o prefeito Jarbinhas assumiu a prefeitura faltava de licença ambiental a água potável. Tudo foi muito trabalhoso. Foram vários anos para que finalmente pudéssemos liberar os lotes para construção”, afirmou o secretário.

Além disso, Marcos Emmanuel falou do momento econômico que vive o Brasil e fez uma comparação com o cenário do município. “Sabemos que a crise econômica pegou todos os brasileiros e, em Guaxupé, tivemos que compreender a situação e fizemos um trabalho pautado na transparência e legalidade. O objetivo era para que os então contemplados com os lotes pudessem construir suas indústrias. Infelizmente, ao longo do processo alguns não conseguiram abrir suas empresas por não cumprirem o contrato que estipulava prazos de construção e, por isso, já estamos preparando um novo processo licitatório para liberar estes lotes a outros empresários que tenham interesse”, adiantou.

Desde 2013, a Prefeitura está realizando um árduo trabalho para a regularização do loteamento industrial, uma vez que se encontrava quase que em sua totalidade de forma irregular. Passado quatro anos, o Polo da Moda de Guaxupé finalmente começa a receber suas primeiras indústrias. A expectativa é de que até o final do ano, novo processo seja liberado para a disponibilização de mais lotes às novas empresas.

Para o prefeito Jarbinhas, todo o esforço para a regularização do Polo da Moda está valendo a pena e logo o loteamento estará totalmente ocupado por indústrias. “Foi um trabalho difícil. Um grande desafio que enfrentamos em nossa primeira gestão para a regularização do Polo da Moda”, afirmou.

Jarbinhas ressaltou que não queria fazer como alguns prefeitos eleitos que abandonam projetos só porque são de administrações passadas. “Assim que iniciei meu mandato fui procurado por pessoas que haviam sido contempladas com os lotes. Percebi a vontade que elas estavam de crescer suas empresas, gerar emprego e renda. Por isso, nossa equipe se uniu e buscou fazer tudo da melhor forma possível. Hoje, ver o Polo da Moda com duas indústrias em pleno funcionamento e outras 29 quase iniciando suas atividades, nos enche de esperança e alegria”, disse o prefeito.

Para o tucano, Guaxupé está remando contra a maré. “Enquanto em muitas cidades se vê o fechamento de indústrias, aqui estamos dando oportunidade e vendo estas construções a todo vapor. Isso não só aqui no Polo da Moda, mas na cidade como um todo”, finalizou.