Você está em:
IMPRIMIR

Nota do deputado Paulo Abi-Ackel, presidente do PSDB de Minas Gerais

24 de abril de 2020

Amigas e amigos, tucanas e tucanos de Minas

Essa noite, diante de todos os acontecimentos e a crise política instalada no Brasil, reunimos a bancada do PSDB na Câmara, objetivando uma tomada de posição. Tal situação, ocorrida com a exoneração do diretor da Polícia Federal (PF) e a demissão do Ministro da Justiça, provocou grande instabilidade no país.

A bancada entendeu que as revelações feitas pelo Ex-Ministro Sérgio Moro sobre interferências políticas na PF são graves e podem caracterizar crime de responsabilidade por partes do Presidente da República. Além disso, as explicações dadas pelo Presidente não esclareceram adequadamente a situação, tornando necessária a implantação de uma CPMI para a investigação mais profunda das denúncias.

Ficou estabelecido que o PSDB vai propor a criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito para investigar o assunto. Aguardaremos o resultado dessas investigações para definir a posição da Bancada sobre um eventual processo de impeachment do Presidente da República.