Você está em:
IMPRIMIR

Hospital de Coronel Fabriciano será reaberto no próximo dia 21, anuncia prefeito Dr.Marcos Vinícius

12 de junho de 2017

Da esquerda para a direita: secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, a dir. adm. Elenice Barcelos de Assis, e o prefeito Dr. Marcos Vinícius

Da esquerda para a direita: secretário de Governança da Saúde, Ricardo Cacau, a dir. adm. Elenice Barcelos de Assis, e o prefeito de Coronel Fabriciano Dr. Marcos Vinícius

selogestaotucana

O prefeito de Coronel Fabriciano, Doutor Marcos Vinícius (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (12/6) que o hospital Dr. José Maria Morais, antigo São Camilo, reabrirá suas portas até quarta-feira da próxima semana, dia 21. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva à imprensa.

Fechado há 12 dias por decisão do corpo clínico, o hospital passa por uma transição administrativa. O contrato de gestão entre o Estado e Sociedade Beneficente São Camilo venceu no dia 9 de maio e não pode ser renovado. O Estado fez a cessão do imóvel e dos bens à Prefeitura de Coronel Fabriciano, que a partir de agora terá gestão plena sobre a unidade e todos os recursos da saúde destinados ao município.

Novo perfil

O prefeito informou que o hospital irá reabrir dentro de um novo desenho administrativo e passará a atender com clínica médica, cirurgia, pediatria e, em breve, obstetrícia. “Já acertamos a contratação do novo corpo clínico, falta somente o acerto com a equipe de anestesistas. Vamos reabrir com responsabilidade. Não vamos fazer como no passado em que a culpa era jogada nas costas do Estado. Nós assumimos a nossa responsabilidade e temos certeza que o hospital nunca mais passará por esse tipo de problema”, disse Dr. Marcos Vinícius.

Recursos assegurados

Os recursos para manutenção do hospital José Marias Morais estão assegurados. O prefeito aprovou na Câmara de Vereadores uma autorização para abertura de Crédito Adicional Especial no valor de R$ 10 milhões e 850 mil para atender despesas referentes ao repasse do Fundo Estadual de Saúde. A primeira parcela de recursos do Estado será no valor de R$ 1 milhão e 500 mil. Com esse recurso, segundo o prefeito, vai ser possível renovar o estoque de remédios e repor os materiais básicos, que impediam até a lavanderia de funcionar.

“Estamos com problemas de funcionários da São Camilo, que estão dentro do hospital e não saem porque configura abandono de emprego. Então, a São Camilo precisa acertar com esses trabalhadores”, disse. Além disso, para reabrir o hospital, é preciso um novo alvará sanitário já solicitado ao governo do estado.

Apesar de estar fechado para novas internações e atendimento, o Hospital Dr. José Maria Morais está funcionando internamente com 17 pacientes internados.

Ouça trecho da entrevista coletiva do prefeito de Coronel Fabriciano Dr. Marcos Vinícius:

 

Confira também: Câmara Municipal aprova verba para reabertura do hospital