Você está em:
IMPRIMIR

Governo do PT decreta fim do Valores de Minas

26 de novembro de 2015

jeitoPT

Extinção do inovador projeto cultural, que já atendeu de forma transformadora a mais de 5 mil estudantes de  baixa renda, é mais uma ação da gestão petista em desfavor da juventude mineira

O PSDB-MG divulgou nota lamentando o fim do Programa Valores de Minas, anunciado na tarde desta quinta-feira pelo governo de Fernando Pimentel, do PT. Confira a íntegra da nota:

O PSDB-MG lamenta que o governo de Fernando Pimentel, do PT, esteja colocando fim ao VALORES DE MINAS, um programa de reconhecida função social, concebido em parceria com entidades da sociedade civil e que já atendeu a mais de 5 mil jovens. O programa foi criado em 2005, durante a primeira administração do então governado Aécio Neves, com o objetivo de possibilitar a estudantes de baixa renda uma formação cidadã, além de crescimento pessoal. Na tarde desta quinta-feira, 26/11, a Secretaria de Estado de Educação divulgou nota anunciando o fim do Programa.

Com o fim do VALORES DE MINAS, na verdade, a gestão petista repete o que já fez com vários outros programas bem sucedidos voltados para a juventude mineira, pelo simples fato do mesmo ter sido criado durante as gestões tucanas no Estado. Alguns exemplos são os programas Reinventando o Ensino Médio, Escola em Tempo Integral e Poupança Jovem, além do Ballet Jovem do Palácio das Artes.

Acabar com o VALORES DE MINAS, sem qualquer diálogo com os jovens e educadores participantes do projeto, é jogar fora 10 anos de um trabalho de desenvolvimento e talentos culturais dos jovens de Minas. O programa sempre foi um espaço plural e de criação cultural que unia jovens de todos os pontos da cidade para que esta cidade jamais se parta. A decisão do atual governo rompe com este conceito, ao limitar o programa a mais uma mera ação da Secretaria de Educação, sem qualquer estratégia de inclusão social dos jovens.

Ao longo de todos estes anos, o VALORES DE MINAS estimulou a cultura jovem pensada, realizada e vivenciada por todos os participantes do programa. Com linguagens variadas e com um pensamento apoiado na diversidade. Ao acabar com o programa, o governo do PT quer, na verdade, acabar com uma marca. Entretanto, o que está fazendo é matar uma ideia que deu certo e que não pertence a ninguém mais do que os jovens de Minas Gerais.

Com o fim dos VALORES DE MINAS, a juventude de BH perde um espaço de cultura, com a marca e o ritmo dos jovens. O atual governo não ganha nada com isto. Ao contrário, aprofunda problemas que o Programa sempre trabalhou com profunda eficiência, ajudando a contruir uma cultura da paz entre jovens de várias tribos e regiões da cidade. A Juventude Mineira jamais poderia ser prejudicada desta forma, em função de picuinhas políticas. Uma Política de Estado jamais pode ser destruída com o espírito da revanche ou da vingança.

Com o fim do VALORES DE MINAS, Minas Gerais dá muitos passos atrás em termos de políticas para a Juventude. Por isso, o PSDB-MG conclama a sociedade mineira a se unir para exigir que este Programa público de sucesso e de resultados comprovado siga sua história transformadora.

FICA VALORES

Outras informações sobre o VALORES DE MINAS

Para fazer parte do Valores de Minas, os jovens devem ter entre 14 e 20 anos e frequentar uma escola pública (estadual, municipal ou federal). Cada estudante pode permanecer até dois anos no projeto e, durante este tempo, recebe vale-transporte, alimentação e uniforme para permanecer cerca de três horas por dia.

Através do Programa, são oferecidas aos participantes oficinas de teatro, circo, música, dança, artes plásticas. Também constam do currículo aulas de história da arte, literatura, ética e cidadania, além de aulas de reforço escolar oferecidas nos finais de semana. Jovens antes marginalizados, hoje participam ainda da vida cultural da cidade.

É esta rica experiência que o governo de Fernando Pimentel, do PT, está querendo acabar.