videos
Você está em:
IMPRIMIR

Em novo programa da TV Senado, Antonio Anastasia defende recall para presidente ​da República

14 de julho de 2017

Tucano mineiro também falou sobre reforma política e a dificuldade em aprová-la

Tucano mineiro também falou sobre reforma política e a dificuldade em aprová-la

O brasileiro já está acostumado ao recall de carros e outros produtos. Mas e o recall na política? A revogação do mandato por iniciativa popular existe na legislação dos Estados Unidos desde 1903 e quatro governadores norte-americanos já perderam o mandato por meio desse instrumento. No Brasil, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal aprovou o recall para presidente da República, com possibilidade de extensão para os governadores. Falta votar a emenda em plenário para que o texto vá à Câmara dos Deputados.

O relator da proposta de Emenda Constitucional, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), disse em entrevista ao programa Salão Nobre, da TV Senado, que o recall é uma das soluções para resolução de crises políticas no regime presidencialista. “Sempre fui muito resistente a resolver crises com soluções casuísticas. Coloquei no substitutivo a clausula de vigência de primeiro de janeiro de 2019. Nenhum de nós espera que o recall seja necessário. Quando elegemos um presidente, queremos que ele cumpra os seus compromissos”, afirma.

Anastasia também falou sobre a reforma política e sobre a dificuldade em aprová-la “porque o deputado e o senador analisam como seria o resultado em relação a si e a seu grupo político”. O tema, porém, terá que ser enfrentado, pois o atual sistema político brasileiro “está em escombros”, segundo o senador, que defende a mudança na eleição de deputados e vereadores para distrital – em cada distrito, ganha quem tem mais voto.

O Salão Nobre é o novo programa de entrevistas da TV Senado, semanal, com estreia às quintas-feiras, que discute temas de relevância nacional com líderes partidários, presidentes das comissões, autores e relatores dos projetos.

O programa leva o nome do local onde é gravado, no Museu do Senado, também conhecido como Salão Nobre, pois é usado na recepção de autoridades. Usa como cenário duas obras de ícones do modernismo brasileiro: o painel de Athos Bulcão e a estátua de Alfredo Ceschiatti.

O programa será difundido na TV Senado e também no canal da TV no Youtube. Conta ainda com produtos específicos para Facebook e Twitter.

Assista ao programa:

Fonte: Assessoria de Imprensa do senador Antonio Anastasia