Você está em:
IMPRIMIR

Confira a programação do simpósio “O negro pensa o Brasil”

21 de agosto de 2013

DIA 22 AGOSTO – QUINTA FEIRA

18h30 – Abertura – Teatro Gustavo Capanema (ALMG)
Palestra: A representatividade do Negro nos espaços de poder – Desembargadora Luislinda Valois


DIA 23 AGOSTO – SEXTA FEIRA

8 horas – História do Negro
Expositor: Reinaldo Pimentel – Doutorando e Mestre em Direito Público – Internacional e Direitos Humanos Pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

8h30 – O Estado Laico e o direito das comunidades tradicionais de matriz africana – Expositora: Desembargadora Luislinda Valois

9 horas – As mobilizações de rua e os partidos políticos
Expositor: Eduardo Sol – Doutor em Ciências (Geografia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Especialista em Política e Defesa pela Universidade Federal Fluminense.

9h30 – O negro no mercado de trabalho após as cotas raciais
Expositor: Eduardo Sol

15h30 – Políticas Públicas para vilas e favelas – a experiência de Minas
Expositor: Cris do Morro – Músico e um dos idealizadores do programa Vozes do Morro

16 horas – Implantação do sistema FEED de políticas de redes sociais no Tucanafro Nacional
Expositor: Gustavo Dias – membro da Juventude do PSDB-MG

16h30 – O Brasil na Copa das Manifestações
Expositor: Ronaldo Antônio Pereira da Silva – Presidente do Conselho Estadual de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. Graduado em Geografia e História pela Universidade Monsenhor Messias Sete Lagoas Minas Gerais

17 horas – Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial
Expositor: Clever Alves Machado – Coordenador Estadual de Políticas Pró-Igualdade Racial. Graduado em pedagogia, pós-graduado em direitos humano.

18 horas – Planejamento estratégico, padronização, política básica
Expositor: Judite dos Prazeres – Presidente do Instituto Negros por Excelência. Graduada em Serviço Social pela PUC-Minas, pós-graduada em Gestão Sistêmica pela Fundação Douglas Andriani e pós-graduada e Gestão Pública pela Fundação João Pinheiro.


DIA 24 AGOSTO – SÁBADO

8 horas – Elaboração da Carta Aberta de Belo Horizonte sobre o simpósio