Você está em:
IMPRIMIR

Bruno Araújo e Juventude do PSDB debatem o cenário político no Brasil

13 de maio de 2020

O atual momento político do país foi tema de conversa online entre o presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, e a Juventude tucana. As eleições municipais em situação de pandemia, o trabalho de gestores do partido para enfrentamento do coronavírus, o posicionamento do PSDB no cenário nacional e as perspectivas para os programas de formação político-partidária foram algumas das questões levantadas pelos 100 participantes do bate-papo.

“Mesmo os mais liberais estão vendo agora, nesta crise, a necessidade do Estado. Isso traz a social-democracia ao centro do debate. E é assim que o PSDB se posiciona: como um partido que estimula a livre iniciativa, mas que entende que o Estado tem papel de intervir quando necessário. E neste momento de crise, é necessário”, disse Bruno Araújo.

A reunião, transmitida pela plataforma Zoom na noite desta terça-feira (12/05), foi conduzida pela presidente nacional da JPSDB, Júlia Jereissati, e pelo coordenador de comunicação do segmento, Ítalo Gusmão.

Na conversa, o presidente do PSDB destacou que o partido governa, nos estados e municípios, parte expressiva dos brasileiros e que governadores e prefeitos tucanos estão enfrentando com racionalidade e eficiência a crise gerada pela epidemia da Covid-19, especialmente, nas grandes e médias cidades.“Nossos gestores conhecem o problema, sabem o que e quem estão governando. E estão fazendo entregas e apresentando bons resultados em todo o país”, afirmou.

“Estão fazendo, inclusive, um enfrentamento de ordem racional com o governo federal, que fala sempre com sectarismo. Nossos gestores sabem que o governo tem que falar e trabalhar para todos”, completou. Para Bruno Araújo, o esperado neste momento é que o governo federal seja objetivo e faça a aplicação correta dos recursos disponíveis para a contenção da pandemia.

Ferramentas digitais
O presidente do PSDB também afirmou que o partido continuará usando as ferramentas digitais disponíveis para manter o diálogo com os filiados e dar legitimidade ao processo eleitoral. “O PSDB foi o primeiro partido a realizar tele-reuniões da Executiva Nacional. Agora estamos vendo novas possibilidades. Vemos que jornalistas transmitem e comentam notícias de casa, vemos o advento da telemedicina. Vamos encontrar um caminho também para a política”, disse.

A partir de julho, o PSDB vai a oferecer ferramentas digitais para a realização online das convenções municipais. Além disso, tem aberto canais de comunicação direta com pré-candidatos e filiados, como o aplicativo PSDB Legal. “Vamos também intensificar conversas como esta live”, reforçou.

Formação online
A educação à distância também é um caminho sem volta para o PSDB, afirmou Bruno Araújo. Já estão em prática as aulas do programa Jovens Líderes, os cursos de formação política oferecidos pela Escola ITV e o programa PSDB Brasileiras, elaborado pelo PSDB-Mulher para as pré-candidatas tucanas.

“Vamos ampliar, e muito, a nossa base de qualificação, não apenas para o momento eleitoral, mas de formação política como um todo. Formação política ajuda na tomada de decisões, na colocação profissional e em vários outros aspectos importantes da vida. É um investimento que contribui para consolidar o nosso partido e que vamos continuar fazendo”, concluiu.