Você está em:
IMPRIMIR

PSDB destaca sentimento de unidade após reunião com os presidentes regionais do partido

25 de agosto de 2017

Presidente do PSDB, Tasso Jereissati e o senado Aécio Neves reunido com presidentes dos diretórios estaduais do partido, em Brasilia. Foto Orlando Brito

Presidente interino do PSDB, Tasso Jereissati, e o senado Aécio Neves reunidos com os presidentes dos diretórios estaduais do partido, em Brasilia. Foto Orlando Brito

O presidente do PSDB-MG, deputado federal Domingos Sávio, ressaltou o sentimento de unidade do partido. “Nós temos em comum o compromisso com o país”, disse após participar da reunião dos presidentes dos diretórios estaduais do PSDB com o presidente interino da legenda, o senador Tasso Jereissati (CE), em Brasília.

Domingos Sávio afirmou que, apesar do momento delicado porque passa o país, a unidade é o guia do partido, mesmo quando há divergências, pois o debate integra a história dos tucanos. “Divergências pontuais são naturais de um partido, especialmente o PSDB, que prima pela democracia”, afirmou. Veja entrevista:

Calendário das convenções

Durante a reunião, os dirigentes regionais discutiram a modernização da base partidária e a atualização do estatuto da legenda. Para eles, é fundamental ouvir os representantes dos estados para, assim, para aproximar o partido da sociedade. Também destacaram a importância do debate em torno das falhas e dificuldades na tentativa de buscar soluções comuns.

Outro assunto discutido pelos presidentes estaduais do PSDB foi o calendário de convenções, definido por resolução divulgada na última semana. A convenção nacional do PSDB, que vai definir uma nova Executiva para o partido, será realizada no dia 9 de dezembro.

Para as convenções estaduais, a data determinada é o dia 11 de novembro. Já as convenções zonais e municipais, para os municípios com menos de 500 mil eleitores, deverão ocorrer entre os dias 1º e 08 de outubro.

Já as convenções municipais em cidades, com mais 500 mil eleitores, devem ser realizadas entre 6 e 15 de outubro.

Convenções2

Agenda de reformas

Também participou do encontro o senador Aécio Neves (MG). O presidente licenciado da legenda ressaltou a responsabilidade que o PSDB tem com o Brasil na condução da agenda de reformas apresentada ao governo federal. “O que vamos fazer é nos empenhar para liderar a agenda de reformas que está em andamento no Congresso Nacional e apresentada pelo próprio PSDB, a reforma previdenciária, a reforma tributária e agora, com uma urgência enorme, a reforma política”, disse.

Entre os pontos de convergência do partido na reforma política, Aécio destacou a decisão de apoiar integralmente a proposta que estabelece a cláusula de desempenho de 1,5% a partir das eleições no ano que vem, acrescida de 0,5% a cada novo pleito nacional.

Além disso, o PSDB defende a antecipação do fim das coligações proporcionais já para 2018, a transição para um sistema eleitoral distrital misto até 2022, e a volta da discussão do financiamento privado em limites mais estreitos do que o atual.

Leia também: Em reunião com presidentes dos diretórios estaduais, PSDB reforça unidade e discute convenções