PSDB entra em consenso na defesa da reforma política e criará grupo para definir calendário de convenções

30 de abril de 2016

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), afirmou nesta quarta-feira (09/8), após reunião da Executiva Nacional do partido, que a legenda definiu pontos de consenso na defesa da reforma política, entre eles a adoção da cláusula de barreira, o fim das coligações proporcionais e o voto distrital misto. O tucano também destacou a importância da implantação do parlamentarismo no Brasil não como solução para a crise política, mas como uma alternativa imediata.

“Nossas posições agora são a da cláusula de barreira, do fim da coligação proporcional já para 2018 e a questão do voto distrital misto, que vamos levar para chegarmos ao parlamentarismo. O parlamentarismo não agora, não como solução de crise, mas o parlamentarismo para 2022”, salientou.

Assista:

Grupo vai definir calendário de convenções

Na reunião da Executiva Nacional, o PSDB definiu que elaborará um calendário para a realização de um congresso nacional e de convenções partidárias municipais, estaduais e nacional.

O processo deverá ser coordenado por uma comissão chefiada pelo secretário-geral da legenda, o deputado federal Sílvio Torres (PSDB-SP).

Para Tasso Jereissati, o encontro da Executiva Nacional foi produtivo. “Ficou decidido uma série de coisas. Como uma comissão que vai montar, coordenada pelo deputado Sílvio Torres, o calendário de convenções municipais, estaduais e nacional do partido, que vai terminar no fim do ano”, disse.

Além da fixação de um calendário eleitoral, a reunião tratou ainda dos critérios para a revisão e atualização do programa e estatuto partidários. “Um grupo vai coordenar as discussões temáticas do partido, que também vamos iniciar imediatamente na semana que vem. Vamos colocar todas essas questões que são polêmicas hoje como fazendo parte ou não do programa do partido”, adiantou Tasso.

“É uma grande mudança que o PSDB está fazendo, acelerando seu processo político interno, para que possa estar em 2018 pronto para disputar as eleições”, afirmou o deputado Sílvio Torres.

Leia também: PSDB cria grupo para definir calendário de convenções

Confira ainda: PSDB define pontos de consenso da reforma política, diz Tasso

Fonte: Portal PSDB